Sábado, 02.05.09

Paul Morrison, o director de "Little Ashes", um filme sobre o estranho, complexo amor proibido entre o poeta espanhol Federico Garcia Lorca e o pintor surrealista Salvador Dali, fala exclusivamente com o The Dish Rag sobre o casting do herói de "Twilight" Robert Pattinson.

 

Na época, Pattinson era apenas mais um desconhecido jovem actor britânico (ele havia feito "Harry Potter"), e pouco fez Morrison saber que este jovem chamaria a atenção para o seu pequeno filme, que estreia a 8 de Maio, sem uma premiere nos EUA .
 
Paul Morrison: Eu adoro o facto de que uma audiência vai ser levada ao cinema, em parte através do Rob, que de outra forma não chegaria a este tipo de filme. Fomos ao Belfast Film Festival na semana passada e havia muito poucos fãs de Rob lá, não a maioria, e eles adoraram, por isso é óptimo que as crianças vão ser alcançadas pelo filme.
 
 
 
Dish Rag: Interpretar Salvador Dali é um papel assustador para um jovem actor.
PM: Sim, eu não acho que Rob se tenha apercebido no que ele se estava a meter quando concordou em fazê-lo, mas ele trabalhou duro para isso, ele realmente lutou com isso, e acho que ele tem feito algo de muito extraordinário. É tão difícil de fazer, porque tem de se que pisar leve o tempo todo entre o Dali como um jovem simpático rapaz, que ele era, e sugerindo o tipo de” pastiche” que ele se tornou mais tarde, que ele apresentou ao público mais tarde na vida, e isso é uma ordem muito alta, e eu acho que o Rob a desligou.

DR: A semelhança é realmente impressionante.
PM: A intensidade era importante, mas eu não estava à procura de semelhança. E no desempenho, eu também não estava a olhar para o mimetismo.
 
DR: Como encontrou o Robert Pattinson?
PM: Há um grande lote de jovens actores a aparecer na Grã-Bretanha, há uns anos atrás, quando eu lhe fiz uma audição, e eu acho que vi-os a todos, todos os que estavam disponíveis para eu ver, e em Espanha também. Nós tínhamos de ter uma mistura, por razões de interesse financeiro de co-produção, tínhamos de ter uma mistura de actores espanhois e britânicos. E inicialmente, eu estava a pensar em Rob para o Lorca, e pensei que iria encontrar o nosso Dali em Espanha, mas ele era tão perfeito para o Dali que eu troquei e fizemos a audição de Dali na Inglaterra e de Lorca em Espanha. 
 
DR: Então não tinha noção de tudo isso do "Twilight", e assistiu a tudo isso estar a acontecer enquanto o seu filme ficava pronto para estrear.
PM: Sim, é extraordinário. E óptimo para nós. Para um pequeno filme como este é preciso um pouco de sorte.
 
DR: É maravilhoso ver um jovem actor como este, que apesar da fama e da adoração está a escolher um caminho e tomar alguns extremamente desafiadores e provocantes papéis. Acha que ele vai continuar nesse caminho?
PM: Ele é sério sobre a representação e estou certo de que, sim, ele vai querer fazer papéis que o desafiem. Eu não lhe consigo dizer como ele trabalhou duramente no papel de Dali. Eu estava a incentiva-lo a interpretar apenas o guião, mas ele andou a procurar por si próprio todos os dias coisas como filmes ou entrevistas ou uma biografia de Dalí. Ele trabalhou muito duro nisso, tanto intelectual como emocionalmente. Penso que agora está-lhe no seu sangue. Eu não acho que ele fique satisfeito com papéis menos interessantes.
 
DR: Bem, certamente ele vai querer fazer mais do que subir pinheiros e voar por aí.
PM: Sim, tenho certeza que ele não se queixa disso.
 
DR: As cenas homossexuais e de sexo, foram difíceis para os jovens actores Rob e Javier Beltran?
PM: Acho que elas foram difíceis, mas acho que todas as cenas de sexo são difíceis, e para todos os actores de todas as idades. E eu acho-as difíceis, certamente, para dirigir, e ... tem de se ser muito intenso sobre isso, e como director ser claro quanto ao que se está à procura para que eles saibam que eles estão a agir e não estão a fazê-lo, e penso que provavelmente Rob achou mais difícil do que Javier, para desenhar a linha entre o desempenho e, ah, mas isso estava também na natureza do papel, que a sexualidade de Dali fosse tão complicada, complexa e misteriosa, penso que até mesmo para ele próprio, e o seu medo da sexualidade, e se estiver a interpretar esse papel, isso parece que se entranha na pessoa, então eu acho que o sexo e a dor eram tão intimamente entrelaçados em Dali que, para desempenhar essas cenas também é dificil, e a cena do triângulo de sexo é uma cena incrivelmente difícil.
 
Uma dessas cenas na vida de todos, quando se está a fazer alguma coisa e se sabe que é realmente muito mal, é verdade, ela vai contra a maré, mas está a fazê-lo, de forma a interpretar aquela cena é difícil, é sempre difícil.
 
Também perguntamos porque Rob Pattinson e Javier Beltran aparecem num azul-iluminado, eroticamente como uma cena de água, uma vez com a cueca, e mais tarde, nas recordações de Dali, sem roupas.
 
PM: Sim, o que acontece é que Dali recorda aquela cena mais tarde, após a morte de Lorca, e na sua memória eles não estão a usar cuecas. Portanto, há uma cena de nudez, filmada com bom gosto, claro.
 
Raios - quer dizer, claro.
 
Fonte: Los Angeles Times

 



Joana TP às 00:04 | link do post | comentar

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Nova tatuagem?
sai o divórcio no museu antes de no papel :D
É interessante ver Michael Sheen em um papel difer...
Obrigada!
Obrigada! Sê bem-vinda :)
Oi, sou do Brasil e sou nova por aqui, estou amand...
Não sabia que se conheciam, a St.Vincent faz parte...
Corrigido, obrigada :)
Sabe tão bem voltar a ver fotos dele em ação. Uma ...
A foto não tem dia específico. É de ''há alguns di...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds