Terça-feira, 26.07.11

"Angel Of Mine"

Capítulo 5 - Azares

 

 

 

 

Levantei-me de manhã mais sonolenta do que o habitual. Não tinha passado uma boa noite. Sonhei constantemente com Edward, e acordei várias vezes durante a noite.
Dirigi-me à casa de banho, lavei bem a cara com água fria e olhei-me ao espelho. Estava definitivamente com mau aspecto. Tinha o cabelo completamente desgrenhado, aspecto abatido, e olheiras bem visíveis.
Voltei ao quarto, já lavada e penteada e escolhi algo para vestir.
Desci para a cozinha, Jacob já se encontrava lá e tinha preparado o pequeno-almoço. Estranho.
- Bom dia! – Jacob estava de bom humor, e era de manha. Ainda mais estranho.
- Bom dia Jake. – Respondi-lhe um pouco desconfiada, não estava habituada a este tipo de tratamento da parte dele a esta hora do dia. Jacob sofria de mau humor matinal.
- O Charlie já te falou do jantar, logo à noite?
- Bem... Ele de facto falou nisso... - Jacob não parecia minimamente entusiasmado. Já somos dois. - Mas não estou a pensar ir.
Que surpresa.
- Porquê? – Não acredito que Jacob se ia safar assim tão facilmente.
- Olha Bella, nem todos nós somos os melhores amigos dos Cullen. Ninguém vai dar pela minha falta. – Foi impressão minha, ou foi amargura que eu detectei no seu tom de voz?
- Eu vou! Vá lá Jake não me deixes sozinha nesta. – Estava disposta a implorar-lhe se fosse preciso. Não me estava a imaginar sozinha num jantar onde tinha de conviver com Edward Cullen, sendo que Charlie não seria grande ajuda. E os restantes Cullens com certeza também não, pois o tema de conversa deles seria mais provavelmente a sua chegada. Afinal o jantar era em sua honra.
- Bella, estás parva?! Como se fosse a primeira vez que vais lá jantar sem mim... - Ok, agora definitivamente senti amargura na sua voz. Jacob não tinha a mesma ligação de amizade com os Cullen que eu e Charlie. E Charlie não a impunha a Jacob, como é óbvio. Se ele quisesse faltar ao jantar, Charlie não ia levantar objecções.
- Eu sei disso Jake. Só gostava que fosses, mais nada.
Levantei-me e terminei ali a conversa. Despedi-me de Jacob e saí de casa em direcção à escola.
Quando cheguei, o volvo prateado já se lá encontrava, por isso fiz questão de estacionar o mais longe dele que me foi possível.
Ainda estava a ponderar na ideia de faltar ao jantar, embora se quisesse ser verdadeiramente honesta comigo própria, também desejava vê-lo. Por um breve momento, senti saudades da vida simples que tinha antes da sua chegada.
Propositadamente, evitei esbarrar com os Cullens, dirigindo-me à biblioteca até tocar para a primeira aula. No entanto não podia fugir durante muito mais tempo, pois ia ter a próxima aula com Jasper e Alice.
Assim que tocou a campainha, dirigi-me com passo apressado à sala onde ia decorrer a aula de espanhol, que ficava no pavilhão mais afastado. Ao virar da esquina, com tanta pressa que ia, não reparei numa figura que vinha na minha direcção e esbarramos. Caí para trás e magoei-me numa das mãos ao sentar-me em cima dela. Olhei em volta, havia livros e folhas espalhados pelo chão, e algumas pessoas estavam paradas a olhar. Não muito longe dali, vi Jéssica que ria discretamente e apontava. Idiota. Só então reparei na figura que se encontrava a minha frente e com a qual tinha esbarrado. Era Edward. Oh não. Ele já tinha recolhido os seus livros e tinha os meus também na mão. Levantei-me e apressei-me a pedir desculpa.
- Edward desculpa... eu ia com pressa, não te vi. Desculpa.- Não me conseguia pronunciar claramente.
Ele sorriu calorosamente e estendeu-me os livros.
- Sem problema. Eu também não estava a prestar atenção.
Fiquei alguns segundos sem falar, simplesmente a olhar para ele meio embasbacada, ainda me custava a crer que ele era real.
- Bella, estás magoada. – Ele observava a mão que eu estendi para agarrar nos livros, que se encontrava completamente arranhada e com alguns cortes pouco profundos. Se ele não o mencionasse acho que nem me tinha apercebido.
- Oh, isto não é nada. – Desvalorizei completamente a situação, já tinha tido quedas bem piores.
- Acho que devias ir à enfermaria desinfectar isso. – Ele falou com ar sério, o sorriso tinha desaparecido.
- Depois faço isso, estou atrasada para as aulas. – Voltei a estender a mão para que me entregasse os livros, mas ele não o fez.
- Acho que devias ir agora. Anda, eu levo-te lá.
Começou a caminhar na direcção da enfermaria, deixando-me completamente atónita. Ele voltou-se para trás, e ao ver que eu não o seguia, fez-me sinal para que me despachasse.
Comecei a caminhar atrás dele, sentindo-me uma perfeita idiota.
Entra-mos na enfermaria, e a Sra. Sommers veio a correr ver o que se passava. Quando se deparou com a minha mão, aclamou-se um pouco, embora tivesse concordado com a decisão de Edward de me levar até lá.
Enquanto a Sra. Sommers tratava da minha mão, eu pensava no meu azar. Tinha esbarrado com Edward, quanto tentava ao máximo evita-lo e tinha acabado por cair na frente dele. Para cúmulo, ele tratou-me como uma criança, arrastando-me até à enfermaria contra a minha vontade. Será que o dia podia ter começado pior?
No fim de ter a mão desinfectada e com algumas ligaduras nos cortes mais profundos, saí da enfermaria depois de agradecer à Sra. Sommers.
A aula de espanhol devia estar quase no fim, por isso não adiantava estar a ir agora para lá. Enquanto tentava pensar na minha próxima aula, deparei-me com alguém que me esperava.
Edward ainda se encontrava do lado de fora, com os meus livros na mão.
Exibi a minha mão.
- Contente?
- Pode se dizer que sim... - Voltou a sorrir-me, mas não era o mesmo sorriso caloroso de antes.
- Bem, acho que agora posso ir indo... - Desta vez agarrei nos livros, e abri a porta para a rua. Ele vinha mesmo atrás de mim.
- Mais alguma coisa?
- Desculpa, mas não estou a seguir-te. – Riu-se da ideia, como se fosse completamente absurda. – É que a minha próxima aula é nesta direcção.
- Qual é a tua próxima aula?
- Educação física, com o Professor Parker.
Oh não. Era a minha próxima aula também. Se bem que da maneira que tinha a mão, era provável que me conseguisse safar por hoje.
Chegamos ao ginásio e ele dirigiu-me um "até já" enquanto se precipitava para os balneários masculinos.
Fui directamente ter com o Professor e expliquei-lhe a situação. Ele dispensou-me da aula, mas insistiu em que eu ficasse a assistir.
Entrei no ginásio, e já se encontravam lá todos. Avistei Edward um pouco afastado do grupo, acompanhado por Jessica. Parecia que se estavam a dar muito bem. Senti um formigueiro na barriga, que não podia ser bom presságio. Desviei o olhar.
A aula começou, e a modalidade de hoje era o ténis. Agradeci em silêncio à minha mão. Educação física, não era de todo a minha disciplina favorita. Cansava-me muito a fazer desporto, além de que não tinha muito jeito. Além disso, desporto nunca fez parte dos meus hobbies, em vez disso preferia actividades mais clamas. Não dispenso um bom livro, adoro ficar deitada a ouvir música, sentada no sofá a desenhar ou acompanhar um bom filme na tv. Por vezes, gosto de dar um passeio pela floresta de Forks, mas é raro. Faço-o principalmente quando preciso de espairecer.
O Professor Parker estava a dividir a turma em grupos de dois, para que jogassem a pares. Vi Jessica a oferecer-se rapidamente como par de Edward. Talvez fosse só a minha imaginação, mas parecia que ele não gostava de toda a atenção que lhe era dirigida. É claro que não havia maneira de a evitar. Forks era uma cidade pequena, qualquer novidade ou acontecimento era alvo de grande rebuliço.
Não pude deixar de reparar que Edward era muito bom a jogar ténis. Ganhou todos os jogos, sem falhar uma jogada. Jessica, que era o seu par, estava em êxtase.
A aula acabou, algum tempo depois, e apressei-me na direcção da cantina. Fui a primeira a chegar, comprei o almoço e sentei-me na mesa do costume. Pouco depois chegaram Alice e Rosalie.
- Bella, por onde andas-te? Não te vi de manhã, e a seguir não foste à aula de espanhol... - Olhou para a minha mão magoada. – Aconteceu alguma coisa?
Tentei explicar-lhe o que se tinha passado. No fim, as duas acabaram por concordar com Edward.
- Mas é claro que o Edward estava certo, Bella. Podia estar algo errado com a tua mão. Sendo filha de médico devias saber disso. – Rosalie olhava-me com ar critico.
- Mas eu estava atrasada para a aula. Podia muito bem ter lá ido depois.
Alice revirou os olhos.
Nesse momento, chegaram os rapazes, seguidos por Edward. Acho que teria de me habituar à sua presença, afinal ele não conhecia mais ninguém senão a família. É natural que quisesse estar com eles.
Tentei soar casual, quando respondia a alguma pergunta que me era dirigida, fora isso, mantive-me tão fora da conversa quanto me foi possível. Já estava mesmo a ver como ia ser o jantar logo à noite.
Tentei reagir normalmente à presença de Edward, mas não me era possível, por mais que tentasse. Não consegui esquecer o que se tinha passado há dez anos atrás, e cada minuto que passava com ele, mais essa recordação se tornava real.
Acabamos o almoço, e fomos cada um para a sua sala. Para meu grande alívio, Edward não tinha a mesma aula que eu, então não ia ter de me preocupar com a sua presença, que não era para mim mais do que uma distracção de tudo o resto que se passasse à sua volta.
Tentei concentrar-me na matéria que era dada, mas sem grande sucesso. Pensava se não seria melhor confronta-lo e acabar de vez com as dúvidas. Talvez a oportunidade surgisse durante o jantar, quem sabe... Será que ele me contaria a verdade? Ou será que me ia chamar de louca e virar-me as costas? Qualquer das hipóteses me parecia igualmente provável.
De qualquer das formas, tomei nota mentalmente de lhe perguntar, se a oportunidade surgisse. Tinha de saber a verdade, ou, em pouco dias estaria completamente louca, de tanto pensar nisso.
Acabei as aulas, e dirigi-me ao parque de estacionamento, o meu carro estava afastado de todos os outros por isso não encontrei nenhum dos Cullen ao sair da escola.
Cheguei a casa pouco depois.
- Bella, és tu? – Era o meu pai quem me chamava. Estava na sala aparentemente a ler o jornal.
- Sim, pai sou eu mesma.
- Pensei que era o Jacob que tinha mudado de ideias. Sabes que ele não vai ao jantar logo à noite?
- Sim, eu perguntei-lhe hoje de manhã.
- É uma pena, mas ele é que sabe.
- Pois... - Não sabia o que mais dizer.
Subi para o meu quarto e deitei-me na cama. O jantar seria dentro de algumas horas. Nunca me senti tão desanimada por ir passar um serão na companhia dos Cullens.
Resolvi não pensar muito nisso ou ia acabar por desistir à última da hora. Optei por ligar o computador, e fazer alguma pesquisa para um trabalho de história que já devia ter acabado.
Estava tão absorvida no trabalho que estava a fazer, que só quando Charlie me perguntou se já estava pronta é que olhei para o relógio, eram oito e meia! Tinha meia hora para me preparar. Tomei um duche rápido, vesti um vestido preto por cima do joelho, que Charlie me tinha oferecido no meu último aniversário e calcei uns sapatos também pretos. Achei melhor usar também um casaco, por causa do frio. Não tinha tempo para arranjar o cabelo, por isso deixei-o solto. Quando apareci, o meu pai nem conseguia acreditar que tinha conseguido tudo aquilo em tão pouco tempo.
Eram precisamente nove horas, quando Charlie estacionou o carro na ampla garagem dos Cullen.
Desci do carro, olhei em frente e preparei-me para o que aí vinha.

 



Constança às 22:02 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
É inevitável vermos estas fotos e não nos lembrarm...
Estou com um sorriso de orelha a orelha, creio que...
É impressão minha ou a Kristen está a ficar um pou...
Bolas, tenho de confessar que gostava que fosse 10...
Já foi desmentido. Zero verdade x)
Tem alguma ponta de verdade a notícia que li hoje ...
Oooohhhhhhh
Na altura em que essas fotos saíram, foi dito que ...
Foi surpreendente vê-lo entrar com aquele casaco, ...
Olá :) Talvez surpreendentemente, não, em princípi...

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds