Quinta-feira, 14.05.09

Enquanto as filmagens continuam em Vancouver para a próxima sequela de Crepúsculo, Lua Nova, as estrelas de Crepúsculo Robert Pattison, Kristen Stewart, Taylor Lautner, Nikki Reed, Peter Facinelli e os outros actores da Saga Twilight em breve estarão na perspectiva do seu tempo em Itália, onde a produção de Lua Nova chega ao fim. Após o primeiro filme de Crepúsculo, baseado na popular série de romances de Stephenie Meyer, Lua Nova abre ainda mais à medida que os personagens evoluem emocionalmente na Saga. Como cada um lida com as suas personagens para uma segunda vez, a saber, Robert Pattinson, é uma poderosa questão em torno da antecipação para a Lua Nova.

 

Para quem não quer ler o carácter global e pontos da sequela, existem poucos ao longo do caminho. É impossível ver por baixo de Edward Cullen em Lua Nova por isso não digam que não avisei.
 
A natureza de Lua Nova, no entanto, apresenta um tom diferente de Crepúsculo com as suas mais escuras e mais dolorosas camadas, enquanto um elemento de desespero é executado em toda a história. Edward Cullen, Bella Swan e Jacob Black cada um batalha na sua própria turbulência interna enquanto lutam com a adolescência, o amor, as mudanças dentro de si, e as dinâmicas de como eles se enquadram no mundo Twilight com e sem o outro. Dado a forma que Lua Nova está a tomar, o aberto e visível Robert Pattinson em Twilight passa para as sombras na sequela para abrir caminho para Taylor Lautner cujo personagem  Jacob Black se torna a principal e visível presença masculina.
 
Desde o anúncio e a eventual estreia de Crepúsculo em 2008, Robert Pattinson tornou-se rapidamente uma das mais sensuais jovens estrelas de Hollywood após o seu romanticamente retrato de Edward Cullen, o novo anti-herói do culto do mundo da fantasia. Pattinson tem provado ser um dos principais, factores por detrás do sucesso do primeiro filme Crepúsculo, com os fãs, não só especados nos teatros para ver o quão bem Robert foi capaz de interpretar Edward Cullen, mas também em alguns locais onde apareceu Pattinson para autógrafos de Crepúsculo. Mas desde que Robert Pattinson e Edward Cullen são menos visíveis em Lua Nova, como irá o novo quebra-corações de Hollywood manter a presença de Edward Cullen viva no ecrã com menos tempo? Embora o personagem de Edward Cullen seja menos do que uma força observadora, existente mais dentro do conflito de Lua Nova, a ausência dos Cullen e Pattinson é integrante da história de Lua Nova a direcção de Kristen Stewart, Bella Swan.  Mas enquanto Jacob Black e Taylor Lautner passam para as atenções de Lua Nova numa boa parte do filme, Pattinson ainda tem de trazer à vida um dos personagens literários mais populares da década passada, e fazê-lo em menos tempo do que Crepúsculo.
 
Edward Cullen será um forte espírito de Lua Nova, mas a partir de uma determinada perspectiva, Robert Pattinson irá necessitar de se preparar para dar uma óptima impressão como fez com Crepúsculo. Embora os acontecimentos de Lua Nova já tenham sido fixados em harmonia com o romance, não é como que Robert Pattinson possa simplesmente aumentar o seu desempenho, especialmente desde que a Twilight Saga é - seguro dizer - duas vezes tão popular como era antes do primeiro filme. Ao deixar o seu cunho em Lua Nova, como irá Pattinson tirar o máximo do seu tempo em prol da natureza do personagem e da preparação para Eclipse?
 
Nova Diversidade Dramática
Caracterizando elementos das muitas histórias de amor, os personagens de Crepúsculo Bella Swan e Edward Cullen foram (e estão) juntos por um inexplicável fluxo tanto como eles foram dilacerados pela sua natureza física.
 
[spoilers]
Na sequela, Edward deixa Bella para sua própria segurança, que faísca profundamente, agitação emocional e dor em ambos os personagens, mas também abre uma nova forma de conflito. Embora Jacob faça uma transformação física para Lua Nova, Edward não fica muito atrás com uma mudança dele próprio que está directamente relacionada com Bella. Lua Nova torna-se num ponto de viragem para Edward na sua opinião de Bella. Pattinson já provou ao mundo que ele pode desempenhar o vampiro, mas ele vai precisar de se concentrar em expressar o outro lado da personagem do perigo de Edward. Curiosamente, dado como Pattinson está ainda nas fases iniciais da sua carreira, as emocionais complexidades dentro de Edward em Lua Nova vai exigir mais do actor do que nos anteriores papéis que ele tem interpretado em termos de diversidade.
 
Tendo recentemente lidado com o embaraço emocional da relação entre os criadores  de lendas Salvador Dali e Frederico García Lorca em Little Ashes, uma história que vê Pattinson enfrentar o conflito de um alegado relacionamento amoroso entre o pintor e o dramaturgo, Robert Pattinson tem vindo a aperfeiçoar as suas sensibilidades dramáticas além de Crepúsculo. Dado como Edward Cullen é, e tornou-se uma nova extensão da identidade de Robert Pattinson, juntamente com uma maior facilidade com o personagem para um segundo filme, Pattinson deverá ser capaz de maximizar o seu tempo em Nova Lua com as potencialidades de cada cena graças a Little Ashes.
 
Encontrar o Balanço de Crepúsculo
Enquanto a história de Lua Nova avança, o dramático Edward Cullen por seu turno, sem dúvida põe os corações em fogo, mas Pattinson tem de ter cuidado para não encher demais a sua mão de Crepúsculo para que a sua presença não sobrecarregue as cenas, ao mesmo tempo. Mas isto também será um teste para a primeira vez do director da Saga Twilight Chris Weitz para aproveitar ao máximo o talento do actor, numa abordagem mais calma.
 
A Evolução de Edward e Robert
Lua Nova exibe o delicado equilíbrio entre Edward Cullen e o antigo Clã de vampiros Volturi. [Spoilers] A sua presença e as consequências que trazem diante de Edward e Bella criam o início do próximo romance, Eclipse. O amor e a vida são testados em Nova Lua por isso é a Robert Pattison e à sua segunda interpretação de Edward Cullen que cabe ilustrar as acções de um herói imortalizado com um novo sentimento de auto-realização no que diz respeito à forma como ele se sente em relação a Bella Swan. Mais uma vez, dado que Robert Pattinson está nas fases iniciais da sua carreira, os fãs irão também chegar a ver a evolução de Edward Cullen, juntamente com a de Robert Pattinson em "quase" tempo real enquanto ele se desenvolve como actor.
 
Em muitas maneiras a questão de Robert Pattinson manter a presença de Edward viva em Nova Lua está directamente relacionada a Pattinson manter viva a presença do próprio, o actor, para avançar para novos territórios e aceitar os desafios de Edward. Não há dúvida de que a produção de Lua Nova está sob uma enorme pressão para produzir um visual ainda mais deslumbrante e fã-conectado com a tradução literária do seu homólogo do que Twilight. Essa pressão também toca a todos os actores e a quem contribui para Lua Nova.
 
Sucesso da Saga Twilight: Edward Cullen vs Robert Pattinson
É claro que Kristen Stewart e Taylor Lautner irão transportar mais carga do visível Crepúsculo em Nova Lua do que Pattinson, que, à primeira vista, parece ser mais uma pressão dinâmica. No entanto, o facto de Robert Pattinson tem de fazer bem Edward com menos tempo, pode ser um grande peso. Por um lado, Pattinson pode estar completamente à vontade com o que é esperado dele em Nova Lua dado o facto de que ele gastou muito tempo no interior do mundo de Crepúsculo e possui o material de fonte de referência de volta para qualquer momento. Mesmo assim, é seguro dizer que o Robert Pattinson antes da estreia de Crepúsculo não é exactamente o mesmo Robert Pattinson agora em Lua Nova. Não importa o quão grande ou pequeno, o sucesso da Twilight Saga teve algum tipo de efeito. Como o Twilight o mudou, e como qualquer alteração afectará a sua encarnação de Edward para uma segunda vez é um pensamento intrigante.
Fonte: The Deadbolt

 



Joana TP às 23:44 | link do post | comentar

3 comentários:
De Mary83 a 15 de Maio de 2009 às 13:01
Interessante interessante, era a Stephenie acabar o "Midnight Sun", e escrever principalmente para Lua Nova, um novo livro, narrado por Edward Cullen, sobre aquilo que ele sente, como vive ao estar longe de Bella. Se em Midnight Sun, aqueles escassos 12 capitulos conseguem ser mais cativante e penetrantes que Twilight, imaginem só se fosse feito o mesmo para New Moon... eu acho que teria um ataque cardiaco.
Ontem estava aem casa a noite, sozinha a ler Eclipse, li do capitulo 16 ao 20... e parecia uma tontinha, desconectei-me deste mundo e entrei no mundo Twilight completamente, sorria sozinha como se estivesse a presenciar os acontecimentos em primeira pessoa. Ao ler a parte em que eles passam a primeira noite sozinhos, antes do derradeiro ataque... bem... pensei que o meu coração saía da caixa!
Pergunto-me se isto será normal??? Pensei que isto eram reacções tipicas de pessoas mais jovens, adolescentes. Fui apanhada completamente de surpresa, e fiquei sem qualquer "defesa" possível, estou simplesmente cativada pelo personagem Edward... é impossivel não ficar né??!!
No meio disto tudo ja encontrei há 5 anos o meu "Edward Cullen" da vida real, o meu namorado, que me atura há 5 anitos, que faz parte de mim, que se ri cada vez que lhe digo que ja vi o filme Twilight 4 vezes (num mês), aquele com quem quero viver eternamente... ou pelo menos, enquanto a vida humana durar hehe!
Obrigada a pessoas que cuidam deste cantinho e todos os dias nos presenteiam com novidades e informações sobre aqueles que nos fazem sonhar acordadas


De TeresaTwi a 15 de Maio de 2009 às 17:52
Eu concordo inteiramente contigo Mary! O que eu daria para a Stephenie Meyer terminar o Midnight Sun! E fazer o New Moon na perspectiva do Edward seria sem dúvida uma dávida mais do que gigante! Bem que ela nos poderia fazer uma surpresa e ser anunciado que o MS estava terminado (como é bom sonhar)!

Quanto a te desconectares deste mundo e entrares no mundo Twilight isso acontece exactamente comigo! E não tenho dúvida nenhuma quando afirmo que no meu caso tenho mesmo uma Obssessive Twilight Disorder!

Isso de já nem seres adolescente e não apenas gostares, mas adorares a Saga já cheguei à conclusão que é perfeitamente normal! Presumo que sejamos as duas da mesma idade, pelo menos assinas como Mary 83 (logo pressuponho que tenhas nascido em 83) e conheço várias pessoas uns bons anos mais velhas que nós e que se sentem exactamente da mesma forma!


De Mary83 a 18 de Maio de 2009 às 11:04
Que bom... afinal não sou a única a pensar assim. Acho que nestas palavras "Obssessive Twilight Disorder" descreveste tudo. Imaginei lá eu com 26 anos ficar assim arrebatada, ver o filme e documentarios sobre a saga vezes sem conta, ler os livos avidamente (acabei ontem o Eclipse) e ficar triste, só de pensar que daqui a pouco menos de um mês sai o Amanhecer e que depois.... depois acabou-se. Por mim a Steph podia seguir escrevendo sobre a vida de Edward Cullen, que eu iria ler tuuuuuuuuuuuuudo. É impossivel não ficar apaixonada por aquele personagem, tão maravilhoso, altruista, perfeito!!!
Duvido muito que a Stephenie acabe o MS, e que continue a escrever a perspectiva de Edward em Lua Nova, isso seria... seria... simplesmente fantastico, mas creio que ela ja atingiu a sua dose de twilight saga e que agora não anda para aí virada, vejo isso ao ela ter escrito The Ost, penso que ela quer cortar com Twilight que a catapultou e afirmar-se com novas historias... infelizmente para mim que sou uma Twilight addicted..
Alguém que me interne por favor ahahaha. Acho que quando o meu namorado voltar vai-se perguntar quem é esse edward e o que é que fez a sua velha Mary


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Nova tatuagem?
sai o divórcio no museu antes de no papel :D
É interessante ver Michael Sheen em um papel difer...
Obrigada!
Obrigada! Sê bem-vinda :)
Oi, sou do Brasil e sou nova por aqui, estou amand...
Não sabia que se conheciam, a St.Vincent faz parte...
Corrigido, obrigada :)
Sabe tão bem voltar a ver fotos dele em ação. Uma ...
A foto não tem dia específico. É de ''há alguns di...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds