Terça-feira, 19.08.08

A MTV nesta Terça-Feira Twilight traz-nos uma entrevista com Jackson Rathbone (Jasper).
 

"Edward e Bella  têm o relacionamento mais sádico e masoquista que provalmente há,' diz a co-estrela"

 

Jackson Rathbone

"MTV - Por que é que depois de décadas dessas narrativas, ainda nos interessamos por Vampiros?

Rathbone - Bem, creio que todos querem ser Vampiros. Eu queria ser Vampiro (quando era pequeno). Seria espectacular, sabes? Andar à noite, nunca morrer, matar pessoas. Isso soa como uma vida fantástica."

 

Podes ler o artigo completo e ver o video aqui.

 

No Movie Blog Jackson fala sobre os problemas dos cabelos do elenco no ínico.

 

"Cabelos, cabelos, cabelos", remoi, lembrando-se dos dias tumultuosos, quando os cineastas de 'Twilight' estavam a exprimentar diferentes penteados para os Cullen para as fotos promocionais ".

 

Não deixes de ler e assistir ao video aqui.

 

 

Terça-feira Twilight: Jackson Rathbone fala sobre a ansiedade de Jasper e a atracção de Edward

 

"Edward e Bella tem a relação mais sádica, e masoquista, que alguma vez já existiu," diz a estrela.

 

Escrito por Larry Carrol

 

Portland, Oregon – Ultimamente, temos falado muito sobre o Breaking Dawn, o ultimo sucesso de Stephenie Meyer – o que me parece bem, visto que toda a nação de Twilighters, se encontra embrenhada, nas suas páginas, nestas ultimas semanas.

Mas com o recente anúncio de que o filme Twilight estrearia no dia, em que era suposto estrear o Harry Potter, esta semana, a Terça-feira Twilight, volta a focar-se no que interessa: o desejado e antecipado filme que agora está a apenas 94 dias de distância.

 

Desde que comecei a conhecer o elenco, não consigo afastar a ideia , de que o Twilight  se possa tornar num daqueles filmes, tipo "Breakfast Club","Diner" e "Dazed e Confused", que lançam as carreiras de numerosos jovens actores e depois deixam-nos a recordar,  maravilhados pelas actuações em conjunto. Kristen Stewart e Robert Pattinson, obviamente têm uma grande oportunidade, e actores como Mike Welch, Taylor Lautner e Kellan Lutz são mais alguns, que podem ter um sucesso igual, se lhe forem dados os papéis certos.

 

Se eu tivesse de apostar, contudo, eu colocaria o meu dinheiro em Jackson Rathbone, um actor de 23 anos, que também toca vários instrumentos e já viveu por todo o mundo. Em pessoa, é um cliente simpático, com um sotaque á Elvis, irradiando o mesmo tipo de carisma que poderia transformar o George Clooney num McLovin. Enquanto falei com ele, encontrei uma inteligência desarmante na estrela, que leva o mundo Twilight tão seriamente, como qualquer fã.

 

MTV: Fala-nos do teu personagem.

Jackson Rathbone: Bem, eu faço de Jasper Hale, também chamado de Jasper Whitlock, ou Jasper Cullen; tenho muitos nomes. [risos] O Jasper é do tempo da Guerra Civil, e foi nessa altura que ele se transformou em vampiro. Desde essa altura, ele tem vagueado por ai; ele tem uma grande história sobre o passado, mas isso só acontece nos livros seguintes. Neste filme, O Jasper é muito revoltado, e com muitas duvidas sobre o seu estilo de vida, de não comer humanos.

 

MTV: Todos os anos, parece-me, Hollywood dá-nos uma quantidade de filmes sobre vampiros. O que é que vai tornar o filme Twilight diferente?

Jackson Rathbone: Bem, muitos dos filmes sobre vampiros, são sobre derramar sangue, e a acção e a violência. Este filme fala sobre o coração. Sobre aquilo que nos move enquanto humanos, e o que o que mais nos comove é que vai muito para além da humanidade. Estas são criaturas – eles não são pessoas, não são humanos, eles são o lado decadente de tudo. Eles estão mortos, não respiram. Eles não sentem o frio, eles não conseguem sentir nada, mas conseguem ter sentimentos e o que esses sentimentos nos levam a fazer. Podes escolher a moralidade, ou podes escolher a vida que a natureza ter deu, que é a morte. É uma historia do género vida versus morte, mas não tanto no contexto de "tu vais ser morto ou vais ter de matar", mas sim se vais escolher amar a vida e escolher o amor.

 

MTV: Porque é que, depois de tantas histórias já terem sido contadas, nos ainda nos entusiasmamos com vampiros?

Jackson Rathbone: Bem, acho que toda a gente gostava de ser um vampiro. Eu antes também gostava de ser um vampiro [quando era mais novo]. Seria o máximo, sabes? Andar por ai á noite, viver para sempre, matar pessoas. Parece ser uma vida tão interessante!

 

MTV: Sim, mas será que existe mais do que ter a possibilidade de viver num filme de terror?

Jackson Rathbone: Acho que o apelo é o misticismo em si. Estamos á procura de algum que seja superior a nós, e encontramos isso em muito folclore, e muitas destas histórias antigas que nos são contadas sobre viver para sempre e ser sempre jovem e lindo. É esse o fascínio pelos vampiros: não envelheces, não precisar de te preocupar com a velhice, ou nunca atingir um objectivo. O tempo deixa de ser um factor, e acho que muitas pessoas, especialmente nestes tempos, são ultrapassadas pelo tempo.

 

MTV: E depois, no meio do mundo Twilight, está é uma história de amor do género Romeu e Julieta? O que é que podemos esperar do trabalho que Robert e Kristen têm feito?

Jackson Rathbone: O Edward e a Bella têm a relação mais sádica e, masoquista, que provavelmente, alguma vez existiu, porque o Edward passa por horrores, só por ficar perto dela; tudo o que ele quer é comê-la. Mas ele não pode, por causa da sua moralidade… A Bella sabe onde é que se está a meter, e o Edward sabe o que está a fazê-la passar. Por isso, tens estes grandes personagens, que está tão preocupados um com o outro, que deixam de estar preocupados consigo próprios.

 

MTV: O que é exactamente, que os faz ficar tão apaixonados um pelo outro?

Jackson Rathbone: É um amor que quase, não é movido por qualquer tipo de interesse. Quer dizer, ele não consegue ler os pensamentos dela, e isso é muito para além de tudo que já aconteceu na vida dele, por isso ele esta intrigado. Ele está tão atraído por ela. E ela esta atraída por ele e pela sua habilidade de lidar com tudo e de ser tão respeitado e admirado. É como se ele nem tentasse…O que o Rob e a Kristen trouxeram a estes personagens são estas parecenças maravilhosas [qualidade]; nunca é falso. Nunca é fingido. Existe este fardo sobre eles, e podemos vê-lo no momento que gritam acção.

 

MTV: O teu personagem era um soldado da Confederação, de antigamente. Fizeste alguma pesquisa sobre esse período.

Jackson Rathbone: Sim, fiz alguma pesquisa sobre a Guerra Civil. Sempre tive muito interesse nela, passei algum tempo [a viver] no Texas, por isso, sempre que tinha aulas de história do Texas, aprendia muito sobre a Guerra Civil. Tive sorte o suficiente por já ter este conhecimento perto de mim. Aquilo em que me foquei foi o estoicismo. …Na verdade, nunca cresci no Sul, cresci por todo o lado, mas para os valores da minha família e todos os valores do Sul: não falar, a não ser que falem contigo; manter uma postura sóbria; tentar manter tudo o mais claro possível, mas se as coisas se tornam complicadas, não quer dizer que não te vais chegar á frente. Mas é estranho falar das actuais características do carácter de Jasper, porque estão tão interligadas com a história do terceiro livro, no qual o Jasper começa a contar sobre a herança e como ele foi transformado e como ele vivia.

 

MTV: Então estas a plantar pequenas sementinhas no Twilight, que depois vão ganhar frutos nas sequelas?

Jackson Rathbone: Sim, estou a plantar algumas, aqui e ali. É bom. Eu não posso fazer muito com o poder de Jasper. O Jasper tem o poder de manipular emoções. Existe um perigo nisso. Existe um perigo em ter essa habilidade, porque se estás constantemente a manipular as emoções á tua volta, deixa de existir a realidade á tua volta. E porque o Jasper tem a habilidade de distorcer a realidade, eu queria me manter afastado disso. Eu queria manter tudo o mais real possível. Por isso tentei fazer a escolha por ele, ao não usar o poder [por enquanto], ser o mais estóico possível, estar calmo e apenas concentrado em me manter ao longe, especialmente no que se refere á sede.

 

MTV: Não pude deixar de reparar que tens um sotaque natural do Sul. Estás a utilizá-lo para o personagem, para mostrar as suas raízes?

Jackson Rathbone: Tento mantê-lo o mais natural possível, porque ele anda por aí á mais de 200 anos. E ele não esteve no Texas esse tempo todo. …Com o Jasper, seria demais manter esse sotaque, principalmente quando finges que és um adolescente normal. Se ele tivesse um sotaque do Texas, em Washington, em Forks, penso que as pessoas iam reparar mais nele.

 

MTV: Foste contratado para as duas próximas sequelas?

Jackson Rathbone: Sim, assinei para fazer todos os três. Por isso, espero que todos os fãs gostem de mim, neste.

 

MTV: Qual é a coisa mais fixe sobre ser um vampiro?

Jackson Rathbone: A única coisa fixe, para mim, teria de ser a habilidade de me manter longe do sol. Definitivamente, não sou uma pessoa que goste de sol; não sou um adepto de praia. Sou mais o tipo de pessoa que gosta de actividades caseiras. Tu sabes, ficar em casa com uma guitarra. Sou completamente uma pessoa da noite. Eu vivo durante a noite, por isso, essa seria a coisa mais fixe para mim.


 

Jackson Rathbone recorda a experiência que foi deixar crescer o cabelo, o que deixou os fãs de Twilight loucos

 

Publicado por Larry Carrol, na Terça-feira, 19 de Agosto de 2008-08-21

 

Jasper Hale tem dezenas de pequenas cicatrizes em forma de meia-lua, sobre todo o seu corpo; depois de leres a ultima publicação da Terça-feira Twilight, sobre a estrela Jackson Rathbone, podes te sentir tentado, o suficiente a tatuar algumas.

 

Um actor esperto, com carisma de sobra, Rathbone, pode estar na eminência de se lançar numa carreira, bastante significante. Mas ele foi rápido em lembrar-nos, que ele inicialmente enfrentou o mesmo antagonismo, que os seus colegas Ashley Green, Robert Pattinson e outros, também enfrentaram.

 

"O cabelo, o cabelo, o cabelo," ele riu-se, relembrando dias tumultuosos, quando os produtores de Twilight, experimentaram diferentes cortes de cabelo dos Cullen, nas primeiras fotos promocionais."Oh, meu Deus. Vês, houve um problema da primeira vez que arranjámos o cabelo, aquelas primeiras fotos promocionais. Não sei; houve alguma confusão sobre como fazê-lo."

 

"Temos muitos produtores, e recebemos muita informação de vários sítios, e eles então decidiram esticar o meu cabelo," lembrou-se. "O meu cabelo é, naturalmente encaracolado e de cor castanha, por isso eles pintaram-me o cabelo para o personagem. Tentaram estica-lo, mas o resultado foi horrível."

 

Agora, contudo, Rathbone diz que consegue olhar para esses dias e rir-se das fotos como se fossem as fotos horríveis do livro anual da escola secundaria, porque no ultimo minuto antes de as câmaras começarem a gravar, ele chegou a um entendimento com os produtores.

 

"Encontrámos um meio-termo," ele falou acerca do melhorado produto final."Pude manter o meu cabelo natural que é ondulado, mas que a maioria das vezes, não parece. E eles queriam ver a minha cara, por isso, eles puxaram-no para cima e para fora. Basicamente (aquela imagem inicial) não foi uma decisão minha, de todo; foi assim que as coisas aconteceram.

 

Durante meses, Rathbone teve de usar o penteado do Jasper, e ele teve de admitir – não podia esperar até puder voltar a ter o cabelo escuro novamente."Fazer a minha normal com o cabelo louro, é um pouco mais diferente, tenho de vos dizer," ele riu-se. "Não sei, se me tenho divertido mais, as não é mau…Gosto de chapéus. De qualquer maneira, uso chapéus a toda a hora, por isso, tenho usado chapéus, todo o tempo."

 

Muito bem Twilighters, agora que já passaram a vossa Terça-feira Twilight com o Jackson Rathbone, aqui vai a vossa pergunta da semana:

Quanto tudo tiver terminado, qual será o jovem actor de Twilight, que terá a carreira mais impressionante? Porquê?



Patrícia_TP às 14:33 | link do post | comentar

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Nova tatuagem?
sai o divórcio no museu antes de no papel :D
É interessante ver Michael Sheen em um papel difer...
Obrigada!
Obrigada! Sê bem-vinda :)
Oi, sou do Brasil e sou nova por aqui, estou amand...
Não sabia que se conheciam, a St.Vincent faz parte...
Corrigido, obrigada :)
Sabe tão bem voltar a ver fotos dele em ação. Uma ...
A foto não tem dia específico. É de ''há alguns di...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds