Quarta-feira, 20.05.09

Kirsten Stewart é a estrela relutante de Hollywood, recusando-se a seguir os passos previsíveis de Paris, Britney, Lindsay e outros líderes da indústria muito jovem. 

 

Gritos de frenéticos, obcecados jovens fãs do último blockbuster do ano, o filme de fantasia de vampiros, Crepúsculo, seguem Stewart quando ela aparece em público, mas em vez de incitar o frenesim pelo tapete vermelho e eventos em aberturas de bares, a miúda de 18 anos com lindos olhos verdes opta por ficar em casa e ler um livro.
 
A sua casa de Los Angeles não é uma mansão em Hollywood Hills, apesar do seu bolso de 2 milhões de dólares para Crepúsculo e uns relatados 4 milhões para a sequela, New Moon, que estreia em Novembro.
 
A casa é confortável nos subúrbios de LA, onde vive uma vida normal com a sua mãe australiana que é guionista, Jules, e o pai, produtor de televisão, John, e o irmão mais velho, Cameron. Mas esta não é um tímida, protegida adolescente. Stewart é tão sábia e forte como um veterano de Hollywood.
 
"Kristen tem um grande detector da treta", diz Greg Mottola, o escritor-director da sua nova comédia Adventureland. Quando Stewart chega para esta entrevista num hotel em Beverly Hills, tem vestido uns jeans pretos casuais e uma t-shirt cinzenta. 
 
 "Isto sou eu , diz a actriz, brincando e esfregando as mãos.
 
Stewart também nada contra a maré de Hollywood quando se trata de pequenos-almoços, aventurando-se onde os outros se recusam a ir.
 
"Eu realmente não me importo com o Vegemite", diz ela, rindo. "Sei que a maioria dos norte-americanos não aguentam o cheiro, sabor ou aparência, mas eu gosto."
 
Stewart, naturalmente, pode agradecer à sua mãe a rápida introdução à icónica propagação australiana. Nascida em Los Angeles e criada nos E.U.A., a actriz nomeia o Noosa Heads como um dos seus sítios preferidos no planeta. A vila resort Queensland é onde ela passava férias com a sua família e aprendeu a montar uma prancha de surf.
 
A herança australiana de Stewart também inspirou o nome do seu cão, um border collie chamado Oz.
 
"Eu adoro a Austrália e temos muitos familiares e amigos lá. Eu mal posso esperar para voltar", diz ela.
 
Tempo para férias é algo raro para Stewart nestes dias. O sucesso de Crepúsculo, baseado no best-sellers de Stephenie Meyer, tem os estúdios de Hollywood a reclamarem assinar com ela para o próximo filme. Twilight custou relativamente pouco, 37 milhões de dólares e acabou por lucrar mundialmente 377 milhões.

 
O recente lançamento do DVD nos E.U.A. acrescentou mais de 100 milhões para o registro.
Em Crepúsculo ela desempenha o papel feminino principal, Bella, uma adolescente que se apaixona irresistivelmente por um charmoso vampiro, Edward Cullen, retratado pelo quebra-corações inglês, Robert Pattinson.
 
"É tão bom ter algo que se adora a ser recebido tão calorosamente", disse Stewart, que se tornou tão entusiasmada por Crepúsculo após a leitura do romance como os seus milhões de fãs adolescentes (e adultos).
 
"Mas a manifestação física do sucesso, desde os fãs a gritar até à bilheteria, é louco.
"Os fãs estão tão entusiasmados e eu estou tão animada para fazer Lua Nova. Estou pronta para entrar no próximo."
 
Podes rastrear a origem de Stewart em Hollywood como muitos outros jovens actores que começaram pela Disney. Com 10 anos de idade, ela teve um papel no filme Disney O décimo terceiro ano, mas é aí que as comparações entre Stewart e a as criações da Disney, Miley Cyrus e Hilary Duff, têm fim.
 
Em vez de estrelar com uma criança-amiogável com séries televisivas discos e merchandising, Stewart passou para os pesados, independentes papéis, sendo o primeiro filme dela em 2001 The Safety Of Objects, um filme com Glenn Close e Patricia Clarkson, onde ela interpreta uma menina criada por uma mãe solteira.
 
Isso deu início a alguns escuros e dificeis papéis. Nos seus nove anos de carreira, Stewart já desempenhou uma stripper, uma vítima de rapto, uma diabética e uma aluna atingida por uma doença degenerativa muscular.
 
Os grandes estúdios de Hollywood estão agora a tentar não a mexer, mas ela é sábia o suficiente para perceber o sucesso do Crepúsculo e a potência do seu nome que pode ajudar a que os projectos que mais gosta sejam feitos.  
 
Stewart filmou o filme independente The Cake Eaters há dois anos, um filme com Bruce Dern e com a melhor actriz deste ano dos Óscares por Frozen River, Melissa Leo, e dirigido por Mary Stuart Masterson. Estava na prateleira com a prespectiva de nunca ser visto.  
Quando Crepúsculo foi lançado no ano passado e se tornou um fenómeno mundial, The Cake Eaters de repente teve uma data de lançamento. E, capitalizando sobre o novo sucesso de Stewart, os cartazes a promover o filme não são dominados por Dern ou Leo: eles simplesmente mostram a cara de Stewart.
 
Em The Cake Eaters ela desempenha Geórgia, um adolescente aprisionada num corpo montado por uma doença muscular que provoca que ela ande mal e se atrapalhe a falar. O mais famoso crítico de filmes dos EUA, Roger Ebert, descreveu o desempenho dela como "notável".

 

"Se não fosse por Crepúsculo, não sei se The Cake Eaters, um filme que eu adoro, teria visto a luz do dia", reflete Stewart.
 
"Fizemos o filme há mais de dois anos".
 
Outro filme independente, Welcome To The Rileys, com a estrela de The Sopranos, James Gandolfini, mas é o desempenho de Stewart como uma jovem da rua forçada a tornar-se uma stripper que está a gerar a maior atenção.
 
"Agora as pessoas estão a dizer: 'Vamos ver a Bella num filme de strip,"' Stewart ri.
O próximo filme que as audiências australianas vão ver de Stewart é em Adventureland.
Adventureland é fixado num degradado parque nos anos 1980 em Pittsburgh, e novamente Stewart foi atraída para um papel escuro. Ela desempenha Em Lewin, uma estudante universitária com uma educação muito danificada.
 
"Sim", sorri Stewart, observando a tendência.
 
"Em está bastante destruída. Ela tem um número ímpar de desculpas. É demais para ela. Toda vez que não gostar de si mesmo as pessoas não irão tratá-lo bem. Ela sente-se como se tudo o que ela toca vai ficar estragado até porque ela foi estragada também.
 
"Se eu sinto pena dela? Claro. Qualquer pessoa que tenha problemas que não conseguem ultrapassar e vê potencial neles e querem que desapareça, eu sinto pena deles."
Os problemas de Em continuam quando ela tem um caso com o manager do parque, que é casado, desempenhado por Ryan Reynolds.
 
Reynolds, sempre nos jornais e favoritos dos paparazzi após deixar a sua namorada música Alanis Morissette, em Junho de 2006 e namorar e casar com Scarlett Johansson logo depois, sabe como é viver no olho do público.
 
Ele está impressionado com a forma como a discreta Stewart está a lidar com a tempestade dos médias do pós-Crepúsculo.
 
"Não há nada que eu ou qualquer pessoa possa dizer que ela já não saiba", diz Reynolds.
"Ela é uma alma muito sábia."
 
"Orson Welles, disse uma vez que os seus actores preferidos tornam o acto de pensar dramático e eu acho que ela faz isso", acrescenta.
“Ela é inteligente e muito séria, especialmente para alguém da idade dela. Acabei de descobrir que ela é realmente, realmente interessante".
 
Stewart está preparada para encontrar o equilíbrio entre os holofotes de Crepúsculo e os filmes mais escuro, pessoas com problemas que ela adora retratar em filmes independentes.
 
Ela também não está pronta para deixar o conforto e a estabilidade da casa dos seus pais.
"Não", diz a actriz.
 
"Sem planos para me mudar brevemente. Estou muito ligada à minha família e, além disso, acho que seria um pouco estranho ter um grande espaço só para mim."
Fonte


Joana TP às 23:54 | link do post | comentar

3 comentários:
De Claudia Pacheco a 21 de Maio de 2009 às 01:07
Ela é ótima. Especial! Parabéns Kris.


De pipaa a 21 de Maio de 2009 às 10:58
É sem duvida um exemplo de qualidade a todos os niveis ! Vou de certeza gostar de continuar acompanhar a tua carreira ;) Força miuda Kris


De Marlene a 21 de Maio de 2009 às 16:58
Unica


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Nova tatuagem?
sai o divórcio no museu antes de no papel :D
É interessante ver Michael Sheen em um papel difer...
Obrigada!
Obrigada! Sê bem-vinda :)
Oi, sou do Brasil e sou nova por aqui, estou amand...
Não sabia que se conheciam, a St.Vincent faz parte...
Corrigido, obrigada :)
Sabe tão bem voltar a ver fotos dele em ação. Uma ...
A foto não tem dia específico. É de ''há alguns di...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds