Segunda-feira, 19.09.11

"Angel Of Mine"

Capítulo 16 - Preocupações

 

 

 

 

 

PDV de Edward

Conduzi com velocidade pela estrada escura e deserta. Ainda conseguia sentir o ódio bem presente em mim.
Não podia ir pra casa. Não estava em condições de estar com pessoas, não podia arriscar isso.
A ideia de James, à solta, não me agradava. A imagem dele perto de Forks era inconcebível para mim.
Tinha de o encontrar, antes que ele me encontra-se, tinha de saber o que ele pretendia. Laurent havia falado num rapaz. Tinha de saber quem ele era, o que ele significava.
A minha cabeça trabalhava a toda a velocidade, tentando descobrir qual o significado de tudo aquilo, o porquê de James estar de volta, e o porquê das suas acções, embora há muito tempo que elas tinham deixado de fazer algum sentido.
A cólera teimava em não me abandonar. O animal selvagem que se encontrava dentro de mim parecia querer sair a toda a força.
Então pensei nela. Ela acreditava que havia algo de bom em mim, algo que a fazia querer estar comigo. Não a podia desiludir assim.
Embora soubesse que ela me esperava, não conduzi em direcção a Forks, percorrendo a estrada em direcção ao vazio, até que finalmente estivesse em condições de ir ter com ela, de a proteger.

Pdv de Bella

Acordei com os raios de sol que invadiam o meu quarto. Levei alguns segundos a habituar-me a toda a claridade que entrava pela janela aberta.
Encontrava-me ainda vestida com a roupa do dia anterior, a cama estava feita, o candeeiro aceso, a porta trancada, estava tudo tal e qual eu havia deixado na noite anterior.
Olhei instintivamente para o relógio. Já era quase meio-dia, o que queria dizer que já tinha perdido as primeiras aulas da manhã, e se não me despachasse corria o risco de perder também a aula da tarde, embora não fosse essa a minha maior preocupação no momento.
Edward não tinha aparecido como tinha prometido. Talvez tivesse chegado muito tarde, e por isso não me quis acordar quando chegou.
Será que ele estava na escola? A ideia de ele ter ido para lá sem me ter chamado de manha era um pouco improvável, afinal, agora íamos sempre juntos para lá. Mas por via das dúvidas decidi apressar-me a preparar-me, por isso dei um salto da cama e corri para o chuveiro. Vesti os primeiros jeans que encontrei e uma camisa xadrez que tinha à mão. Não me preocupei com o almoço, depois comia alguma coisa na escola se tivesse tempo, em vez disso corri para o carro e conduzi o mais depressa que consegui por entre as pequenas, mas cheias ruas da cidade.
Ao chegar à escola, ouvi o familiar toque da campainha que me avisava que a aula de biologia estava prestes a começar. Apressei o passo percorrendo os corredores sempre alerta por algum sinal do seu cabelo arruivado ou a sua pele branca, tudo o resto não passava de formas indistintas e rebuscadas.
Na minha busca por Edward, esbarrei sem querer num estranho alto e loiro, que eu não me lembrava de alguma vez ter visto na minha vida, que me sorriu e me disse qualquer coisa como "tem mais cuidado por onde andas", não podia precisar as suas palavras pois não lhes dei a devida atenção.
Limitei-me a retribuir-lhe com um esgar estranho e retorcido que pretendia passar por um tímido sorriso de desculpas, antes de me lançar pela porta da sala de biologia, apenas para me deparar com a minha bancada habitual vazia.
Enquanto o professor Turner se alongava na leitura de um texto interminável, de algum livro enorme que tinha requisitado na biblioteca, a minha mente encontrava-se bem longe dali.
A aula acabou, e o toque de saída arrastou-me de novo para a realidade. Apercebi-me de que não tinha qualquer noção dos temas que haviam sido discutidos na aula. Definitivamente o meu rendimento escolar, desde a chegada de Edward, deixava muito a desejar. E embora eu quisesse culpar o facto de andar com a cabeça ocupada com coisas de maior importância para mim, tinha que começar a estudar seriamente ou avizinhava-se um castigo de Charlie.
Saí da sala pouco depois, em direcção ao parque de estacionamento, na esperança de lá encontrar Alice ou algum dos outros Cullens, que me pudessem dar mais informações sobre o paradeiro de Edward. Por entre o emaranhado de pessoas que se apressavam igualmente para a saída, pareceu-me avistar a pouco metros de mim, o mesmo homem loiro com quem tinha esbarrado mais cedo.
Mas o que estaria ele ali a fazer? Senti-me levemente intrigada com a sua presença. Parecia velho de mais para ser aluno do secundário, mas ao mesmo tempo novo demais para já ser professor.
Segui mesmo atrás dele, durante mais alguns segundos até ser parada por alguém que me agarrou no braço bruscamente.
- Bella! Até que enfim que te encontro...
Alice parecia aliviada e irritada ao mesmo tempo.
- Porque é que não vieste de manha, e porque é que tens o telemóvel desligado?!
- Hey Alice, acalma-te por favor. Adormeci, e o telemóvel deve ter ficado sem bateria... - Vasculhei o fundo da minha mala por uns segundos. – Aqui está ele...
Mostrei-lhe o visor negro como prova. Alice pareceu ficar mais descansada.
Arrumei de novo o telemóvel no fundo da mala, e caminhei juntamente com Alice em direcção ao sítio onde tinha deixado o carro à hora de almoço.
- O Edward ainda não voltou para casa? – Decidi não esperar mais e ir directa ao assunto.
- Hoje de manhã ainda não estava em casa, mas pode ter chegado entretanto.
- Alice, por favor se ele estiver em casa quando chegares pede-lhe que vá ter comigo.
- Claro Bella... Mas passou-se alguma coisa? Pareces preocupada...
- É que ele disse que ontem já estaria de volta, mas ainda não apareceu ou deu notícias, tenho medo que algo tenha corrido mal na viagem...
Alice olhava-me de uma forma um pouco estranha. Era a minha melhor amiga há já muitos anos, e parecia saber, de alguma forma, que eu lhe escondia qualquer coisa importante.
- Bella, não me parece que tenhas alguma coisa com que te preocupar. O Edward já é grandinho, e sabe cuidar bem dele, afinal viveu estes anos todos praticamente sozinho!
Alice tinha razão, no fundo eu sabia-o. Sabia que as minhas preocupações eram infundadas e muito provavelmente não tinham razão de ser, mas agora que tinha uma coisa tão boa na minha vida, a simples ideia de a perder causava em mim uma dor sem igual.
- Sabes, pelo que sei o Edward faz muitas viagens sozinho, e nunca lhe aconteceu nada, por isso pára de te preocupar tanto!¬
Não havia qualquer argumento a dar.
- Tens razão, vou tentar não me preocupar tanto.
Sorri-lhe debilmente, antes de entrar no carro e conduzir lentamente em direcção a casa.
Alice estava certa. Não podia deixar que a sua ausência me afectasse desta forma tão negativa. Prometi a mim mesma, que me iria tentar controlar.
No entanto, não estava cem por cento certa de que o fosse conseguir.

 



Constança às 22:07 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
É inevitável vermos estas fotos e não nos lembrarm...
Estou com um sorriso de orelha a orelha, creio que...
É impressão minha ou a Kristen está a ficar um pou...
Bolas, tenho de confessar que gostava que fosse 10...
Já foi desmentido. Zero verdade x)
Tem alguma ponta de verdade a notícia que li hoje ...
Oooohhhhhhh
Na altura em que essas fotos saíram, foi dito que ...
Foi surpreendente vê-lo entrar com aquele casaco, ...
Olá :) Talvez surpreendentemente, não, em princípi...

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds