Quinta-feira, 29.09.11

"Angel Of Mine"

Capítulo 18 - James

 

 

 

 

 

A imagem do homem loiro imóvel à porta do restaurante enquanto eu lhe virava as costas e me afastava furiosamente, ainda estava bem viva na minha memória.
Não contei esse incidente a Edward. Não queria ter de repetir em voz alta o embaraço a que me sujeitara naquela noite.
Edward continuava preocupado com alguma coisa, conseguia vê-lo claramente. Mas continuava a recursar-se a falar sobre o assunto e ao fim de alguns dias, deixei de perguntar do que se tratava. No entanto, isso não significava que tinha desistido de saber a verdade.
Cada dia que passava me sentia mais sozinha. Não podia falar com Alice ou Rosalie, pois não lhes poderia contar a verdade acerca de Edward. Não podia falar com Jacob ou Charlie, pois não me parecia que algum dos dois fosse entender a verdadeira extensão do meu problema. E não podia falar com Edward, porque ele simplesmente não me dava respostas.

*

- Bella, estás acordada?
Abri os olhos de repente e olhei o despertador. Tinha adormecido, o que era frequente nos últimos dias. Andava com algumas dificuldades em adormecer ultimamente, e quando finalmente adormecia tinha pesadelos. Já não me lembrava da última noite descansada que tinha tido.
Jacob voltou a bater à porta do quarto, e ouvi-o a rodar a maçaneta tentando abri-la.
- Afinal porque é que agora tens sempre a porta fechada?! Bella, estas a ouvir-me?!
Grunhi para lhe mostrar que estava acordada, mas não lhe respondi, até porque não tinha de lhe dar satisfações, pensei.
Levantei-me num ápice e preparei-me rapidamente. Em menos de dez minutos já estava na cozinha com as minhas coisas e pronta para ir para a escola.
Charlie estava a ler o jornal quando me viu entrar e me deu os bons dias. Jake estava lá ainda também, o que era estranho, ultimamente não esperava por mim de manhã.
- Bella, podes dar boleia ao Jacob para a escola hoje? O carro dele está na oficina desde ontem, e assim não tenho de ir lá eu de propósito.
Aquilo apanhou-me um pouco desprevenida. Nos últimos dias tinha ido com Edward para a escola, mas não me parecia que Jacob se sentisse feliz por nos acompanhar.
- Espera só um segundo. – Agarrei no telemóvel e subi para o meu quarto. Tinha de avisar Edward para que não me viesse buscar hoje.
- Deve ter ido ligar ao namorado. – Ouvi Charlie dizer enquanto subia as escadas. Jacob no entanto não se pronunciou.
Edward não pareceu chateado, ou aborrecido, não se mostrou surpreso ou indignado, na verdade apenas disse "Está bem" sem qualquer emoção na voz.
Ok, agora estava aborrecida e o dia mal tinha começado.
- Vamos embora Jacob. Até logo pai.
O caminho até La Push era curto, e foi feito em silêncio total. Umas semanas antes, eu e Jacob éramos inseparáveis, e apesar das suas constantes picardias, era alguém com quem eu podia sempre contar. Mas algo tinha mudado com a chegada de Edward, e por mais que me custasse a admitir, era certo que a culpa era minha. O facto de ter de guardar um segredo tão grande, de ter de mentir a todos para o proteger, tinha abalado seriamente a minha relação com os outros, e lá no fundo eu sabia que nada tinha feito para o evitar. Edward era tudo pra mim, e aos poucos fui-me convencendo de que isso bastava. Agora via como estava enganada.
Edward estava cada vez mais distante, e eu não percebia porquê. Jacob já mal me falava, e eu já não me lembrava da última vez que tinha ido a casa dos Cullens, simplesmente para passar tempo com Alice e Rosalie.
"Isto tem de mudar" pensei.
Com tudo isto em mente, tracei rapidamente um plano de acção. Iria arranjar maneira de Edward me contar o que quer que se passasse, afinal de contas, achava que tinha direito de o saber, mesmo que não o tivesse.
Iria reparar a minha relação com Jacob, embora ainda não tivesse a mínima ideia de como o iria fazer.
E iria tentar arranjar mais tempo para Alice e Rosalie, e iria começar o mais rapidamente possível.
Quando dei por mim, já estava parada mesmo em frente à escola da reserva.
A escola era pequena, e o edifício já era um pouco antigo, mas mesmo assim, não deixava de me parecer acolhedor e confortável. Os alunos eram maioritariamente moradores de La Push, por isso era normal que a crescente de alunos que se precipitava pela porta de entrada fossem de pele morena e cabelos escuros. Porém, pensei ter visto um reluzente cabelo loiro na confusão de morenos. Semicerrei os olhos para ter a certeza, mas tão depressa quanto aparecera, desaparecera.
Jacob saiu do carro e bateu com a porta, trazendo-me à realidade.
- Se quiseres posso vir buscar-te logo ao fim das aulas. – Boa ideia, podia começar ali o meu plano de "reparação de amizade".
- Não te incomodes, eu peço a alguém que me leve a casa. – Jacob não parecia querer colaborar com o meu plano, mas eu não ia desistir.
- Eu insisto. Não me custa nada Jake. – Vi que ele se preparava para contra atacar por isso falei antes que ele tivesse a chace de o fazer. – Ok então, venho buscar-te às cinco. Até logo Jake.
Olhei-o pelo espelho retrovisor enquanto dirigia em direcção à minha escola, para a qual já estava atrasada, e vi que Jacob parecia um pouco enfurecido. Jacob gostava de ter sempre a última palavra.

Era impressão minha, ou as aulas demoravam cada vez mais tempo a passar?!
Acho que podia atribuir tal facto à distância emocional de Edward, que fazia com que tudo parecesse mais aborrecido que o normal.
Na hora de almoço, estávamos todos instalados na nossa mesa habitual, e porque o ambiente ali era mais descontraído (apesar de Edward continuar distante) aproveitei a ocasião para marcar uma ida às compras com Alice e Rosalie nesse fim-de-semana.
Alice e Rosalie adoravam ir às compras, e embora não fosse a minha actividade predilecta, seria bom sair de casa um pouco e passar tempo só com as raparigas. Além de que, se fosse verdadeiramente sincera, também andava a precisar de comprar umas roupas novas.
A conversa ao almoço, serviu para alegrar um pouco o meu dia, e quando as aulas acabaram sentia-me muito mais leve.
Edward esperava-me junto ao meu carro, com o mesmo ar distante e abstraído que tinha nos últimos dias.
Inspirei bem fundo, tentado ganhar coragem. Hoje mesmo tinha decidido que ele teria de me contar o que se passava. No fundo sabia, que devia ser algo de importante, ou não teria gerado este comportamento, mas o que quer que fosse iriamos lidar com isso, juntos.
No entanto, ocorreu-me que ainda estava-mos no recinto da escola, e que portanto não seria o melhor sítio para discutir este assunto. Bolas!
Ao aproximar-me mais dele, Edward abriu os braços para me receber num abraço e beijou-me a testa. Por um momento, esqueci tudo o que se passava e deixei-me envolver pelos seus braços que me apertavam contra ele.
- Vais ter comigo logo à noite? – Perguntei contra o seu peito.
- Não sei se será boa ideia Bella. – Lá estava ele a tentar esquivar-se. Mas eu hoje estava decidida, a não deixar isso acontecer.
- Por favor?
Senti o seu abraço afrouxar e afastei-me para o olhar nos olhos. Ele parecia travar uma terrível batalha com ele mesmo, divido entre ir ou não ir.
Sorri-lhe tentando convence-lo, e pareceu resultar.
Suspirou, dando-se por vencido.
- Está bem.
- Então vemo-nos logo à noite. Agora tenho de ir buscar o Jacob à escola. – Dei-lhe um beijo suave nos lábios. – Até logo.
Enquanto dirigia lentamente em direcção a La Push, congratulava-me a mim própria pelo sucesso que tinha sido o dia de hoje. Tinha planos com as raparigas, estava a caminho de construir uma relação com Jacob outra vez , e mais logo à noite, tinha esperanças de conseguir que Edward me contasse o que o preocupava tanto.
Parei o carro mesmo à frente da porta de entrada, mas Jacob ainda não se encontrava lá. Olhei o relógio, já passavam dez minutos das cinco. Será que ele já tinha ido embora com outra pessoa? Desci do carro e dirigi-me à cabina do porteiro. Podia perguntar-lhe se tinha visto Jacob sair.
Oh não.
Jacob estava a chegar mesmo agora ao portão de entrada. E não vinha sozinho. Ao seu lado vinha um rapaz loiro e alto, com um sorriso irónico estampado no rosto.
Olhei em volta à procura de um buraco onde me enfiar.
- Sabes, isto já pode ser qualificado como perseguição. - Soltou uma breve gargalhada. Parecia estar a divertir-se à grande com a situação.
- Voces já se conhecem? – Jacob parecia surpreso.
- Já esbarra-mos uma vez ou outra. – De novo o sorriso irónico.
- O que é que estás aqui a fazer? – Sentia-me indignada e envergonhada ao mesmo tempo. - Jake conheces este tipo?
Jacob parecia confuso. Mas deve ter achado que era apropriado apresentar-nos.
- Bella este é o James, é o meu novo colega de turma. James esta é a Bella.
James estendeu-me uma mão de pele branca, que eu apertei depois de uns momentos de leve confusão.
- Bem é um prazer conhecer-te oficialmente, Bella.
- Não sei se posso dizer o mesmo. – Ok, tinha sido rude, mas aquele tipo irritava-me, não conseguia evita-lo.
Ele, no entanto, não se mostrou embaraçado ou aborrecido. Tinha o ar de uma criança que vai a uma loja de doces.
Jacob parecia um pouco atarantado, sabia que alguma coisa lhe estava a escapar.
- Bem, eu e o James temos um trabalho em conjunto para fazer, por isso se não te importares, podias dar-lhe boleia também? Vamos estudar lá para casa.
O que?! Oh, não, oh, não, oh, não.
Não tinha escapatória. Não me podia recusar a dar-lhe boleia. Até porque isso não abonava a meu favor no plano de "reconstrução de amizade" com Jacob. Bolas!
- Claro, não há problema. – A minha expressão dizia claramente que havia um problema, mas tentei conter-me ao máximo.
Jacob e James, conversaram o caminho inteiro para a escola, e embora eu tentasse manter-me alheia à conversa, não conseguia deixar de prestar atenção. Jacob parecia gostar daquele rapaz, pelo menos estavam a dar-se bastante bem. Era estranho. Jacob não tinha muitos amigos fora da reserva.
À chegada a casa, apressei-me em direcção ao meu quarto, enquanto eles se instalavam na cozinha para começar o tal trabalho.
Quando fechei a porta, sentia-me capaz de assassinar alguém.

 



Constança às 22:00 | link do post | comentar

6 comentários:
De Sarah Cullen a 29 de Setembro de 2011 às 22:19
O Jacob é amigo do James?! OMG!
Vai ser bonito vai...


De Daniela Costa a 30 de Setembro de 2011 às 10:15
:)
Ah pois vai :P


De elle a 2 de Outubro de 2011 às 09:07
jacob e James? nunca pensei.
pobre bella...


De Daniela Costa a 2 de Outubro de 2011 às 18:50
Pra dizer a verdade eu também não tinha pensado neles como amigos para o desenrolar da historia, mas quando se está a escrever as coisas vão saindo naturalmente, e deu nisto :P
Beijo


De Sarah Cullen a 2 de Outubro de 2011 às 18:54
Está a ficar muito boa a história.
Continua assim...


De BModesto a 28 de Dezembro de 2011 às 21:31
Está linda a história.
Vais continuar a escrever ...certo??


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
É inevitável vermos estas fotos e não nos lembrarm...
Estou com um sorriso de orelha a orelha, creio que...
É impressão minha ou a Kristen está a ficar um pou...
Bolas, tenho de confessar que gostava que fosse 10...
Já foi desmentido. Zero verdade x)
Tem alguma ponta de verdade a notícia que li hoje ...
Oooohhhhhhh
Na altura em que essas fotos saíram, foi dito que ...
Foi surpreendente vê-lo entrar com aquele casaco, ...
Olá :) Talvez surpreendentemente, não, em princípi...

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds