Quinta-feira, 28.05.09

My Guilty Pleasure é uma nova série em que os escritores falam sobre os livros que adoraram apenas secretamente - até agora.

 

Existem  verdadeiras diferenças entre homens e mulheres. Um amigo que tem gémeos (um menino e uma menina) contou-me uma história de quando eles estavam numa lagoa, e os jovens gémeos viram um pato pequenino e muito querido.  
A menina disse, "Eu quero ficar com o pato."
O rapaz disse: "Eu quero matar o pato."
Não preciso de dizer mais nada.  
 
E com essa diferença de sexos bem fixada, deixe-me dizer-lhe como carnívoro, fã de desporto (OK, eu realmente não adoro desporto, ou realmente compreendo o desporto) – homem heterossexual que não consigo ver nenhum programa da Lifetime televisão, deixe-me proclamar bem alto: Eu, Brad Meltzer, adoro a série Twilight de Stephenie Meyer.
Agora esta é a parte onde é suposto eu fazer um discurso intelectual a desmentir: Eu realmente não adoro, mas aprecio.  
 
Mas deixe-me ser claro aqui. Eu adoro. Adoro o Twilight. Adoro Bella, e adoro o Edward.
Não estou sozinho. Desde que estreou em 2005, a série Crepúsculo já vendeu mais de 53 milhões de cópias, tornando-o a coisa mais quente nas livrarias desde que a coisa do estranho rapaz com uma cicatriz com a forma de um raio.  
 
Mas de volta para o que é realmente importante: Eu.
 
Adoro esta história da desajeitada, inábil rapariga que se apaixona por um vampiro. E eu adoro que ela não possa ter nada sexual com esse dito vampiro porque quando ela começa bombear sangue, deixa-o incontrolável e a querer matá-la.  
 
Adoro ouvir as tenebrosas secretas histórias de como os outros vampiros foram transformados em vampiros. E eu adoro quando Edward fica todo irritado com Jacob o lobisomem - oh meu Deus, estou à beira de escrever fan-fic aqui -, mas uma vez mais, no caso de não ter percebido, eu adoro essa história.
 
Mas para a maior parte, eu não disse a quase ninguém.
Sabem porquê?
 
Porque, como um homem, este livro não é suposto ser para mim.
Percebi isso quando fui ver o filme. Sim, eu estava lá. No fim de semana de estreia. Arranjamos uma babá para ir. E sentei-me lá no escuro com a minha esposa e uma sala cheia de mães suburbanas e um conhecimento limitado das filhas adolescentes. Eu contei. Havia quatro outros homens (todos adolescentes) além de mim. Eu. Quatro arrastados namorados. E o resto das mulheres.
 
Mas sabe quem eu culpo por isto?
 
Eu culpo meus colegas homens. É verdade. Eu culpo todos os homens por aí que apontam o dedo e chamam coisas de "mocinha" e correm como covardes sempre que ficam embaraçados com alguma coisa do sexo oposto.
 
Acontece o tempo todo. Lembra-se quando os homens eram chamados Terry, Robin e Leslie? E então algumas raparigas eram chamadas Teri e Robin e Leslie. E o que aconteceu? Os homens fugiram. Esses nomes foram cedidos para as mulheres.
Para ser honesto, eu posso lidar com isso para Leslie. Leslie não é apenas um nome fixe (sem ofensa para Leslie Sydelman, que veio ao meu bar mitzvah).
 
Mas não vou deixar isso para Crepúsculo. Nós nunca julgamos Romeu e Julieta como "apenas para as mulheres." (Sim, eu sei - Eu não estou a dizer que é Shakespeare, e eu ainda acho que Harry Potter é melhor - mas não estraguem a minha analogia.) Eu não vou ceder Crepúsculo.
 
E então eu desafio - não os homens lá fora, os homens são claramente fracos - eu desafio as mulheres. Dê o Twilight ao seu filho adolescente. Dê-lo aos seu sobrinhos e maridos e outros homens. Diga-lhes que é fixe. Diga-lhes que vão gostar. Diga-lhes que vai ajudá-los a entender as mulheres e, portanto, ajudá-los a arranjar namoradas(Vá lá, então por que achas que eu gastei tanto tempo com Are You There God? It's Me, Margaret)
 
E eu emiti este desafio - não para a igualdade entre homens e mulheres, não para quebrar as barreiras do género. Disse isso pela mais vital razão de todas: A sequela está a chegar, e estou cansado de ser o único homem no cinema.
 

Fonte



Joana TP às 23:41 | link do post | comentar

8 comentários:
De valentina a 28 de Maio de 2009 às 23:52
ja sou fan desse homen , vou passar o meu livro pros meus colegas ! mas ai deles que me estraguem o livro ! xD


De Mary83 a 29 de Maio de 2009 às 12:38
Comigo é mais o meu namorado que leva com a sga, mesmo que ela não leia o livro, faço-lhe o retado completo


De Anónimo a 29 de Maio de 2009 às 13:44
ja dei d presente para um amigo e ele adorou .... ate o meu professor e fanatico pela serie .... por isso fica descansado q nao es o unico homen a gostar ...!!:D


De David a 29 de Maio de 2009 às 14:22
sou um rapaz adolescente que e' tao, ou ainda mais fanatico que muitas raparigas pela saga Twilight... Aliás, ja tive fãs femininas a dizer-me a MIM que tinha que acalmar a minha "panca". Acho que ja' gastei mais dinheiro no Twilight do que em qualquer outra coisa... Acho que qualquer pessoa com o minimo de sensibilidade (e inteligencia) consegue amar esta historia!! =D


De kate a 30 de Maio de 2009 às 02:13
ola ! gostei muito do teu comentário! fico feliz por ver que também há rapazes com sensibilidade suficiente para se apaixonarem por esta história! obrigada! beijo


De Rakel13 a 31 de Agosto de 2009 às 17:36
Já sou fãs deste Homem. Ele sabe falar.
E eu também adorei a Saga Twilight . Mas eu sou uma mulher. E não pensem que só porque sou mulher gosto de ler. Porque até aos meus 13 anos não conseguia suportar ver um livro á frente . Agora gosto. Não. Eu adoro ler. E Crepusculo " é um dos meus livros favoritos. Apesar de não ter sido Stephenie Meyer que intensificou o meu gosto pela leitura. No meu caso foi Inês Botelho com a colecção de 3 livros de "O Ceptro de Aerzis ". Mas tenho de admitir, que, apesar de não ter sido Stephenie Meyer a intensificar o meu gosto pela leitura, ela é agora, a minha escritora favorita. Mas tenho de admitir outra coisa. O meu livro favorito dela não faz parte da Saga. O Meu é "Nómada". E venho desde já a sua recomendação . é um livro muito bom. Eu Adorei-o . E, apesar de não falar de Vampiros, continua a ser um livro muito ao estilo de Stephenie Meyer .Eu não vou dizer de quê que fala. Pois se começasse nem amanha eu sairia daqui. E ninguém perceberia nada. Porque quem não conhece a historia não perceberia.
Nem entenderia. Não. Não entenderia.


De Ana a 11 de Setembro de 2009 às 00:53
Concordo plenamente com tudo o que foi ai dito, não conheço nenhum homem que goste do crepúsculo pelo menos assumidamente e acho que esse e' o problema os homens que gostam do crepúsculo intimidam-se com o numero esmagador que existem de mulheres e um numero insignificante de homens a acompanhar a saga, mas eu acredito que se todos aqueles que ainda não assumiram estarem completamente apaixonados por esta saga o assumissem agora o número nos ia surpreender. Eles mantêm-se em segredo e até alguns começarem a admitir e a ver que tal é um absurdo e que isto é uma historia de amor que não só as mulheres gostariam de viver o crepúsculo irá continuar a ser catalogado como uma historia de mulheres, o que eu acho ridículo porque qualquer ser humano vive o amor uma vez na vida isso não é exclusivo da mulher.


De Rakel13 a 11 de Setembro de 2009 às 15:22
É verdade!
Se os homens que gostam do Crepúsculo o admitissem todas nós, mulheres, ficaríamos bastante admiradas.
Não me espantava nada que no final, houvesse o mesmo numero de homens que gostam de crepúsculo , como o numero de mulheres que gostam da Saga.
Mas eu acho que eles só fazem isso para esconder os seus verdadeiros sentimentos. Porque não querem parecer fracos. Porque ao mostrarem o que, verdadeiramente, sentem pensam que estão a perder a dignidade. E, até podem pensar , que vão ser gozados por isso.
É mesmo estúpido , não?
Ma não os podemos criticar por serem diferentes das mulheres.
Pois, nós não temos problemas em mostrar o que sentimos!
Pois, Twilight , é uma historia de amor. É isso que nós (na maioria) mulheres gostamos.
Gostamos de pensar que no final podemos ter uma historia de Amor. E, não,uma vida com o primeiro tarado que nos aparecer á frente.
Pois, porque, o mundo esta cheio de tarados. Mesmo que alguns deles sintam o Amor uma vez na vida. Ás vezes não deixam de ser tarados.
O que no final é uma pena!
Não concordam comigo?


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Nova tatuagem?
sai o divórcio no museu antes de no papel :D
É interessante ver Michael Sheen em um papel difer...
Obrigada!
Obrigada! Sê bem-vinda :)
Oi, sou do Brasil e sou nova por aqui, estou amand...
Não sabia que se conheciam, a St.Vincent faz parte...
Corrigido, obrigada :)
Sabe tão bem voltar a ver fotos dele em ação. Uma ...
A foto não tem dia específico. É de ''há alguns di...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds