Quarta-feira, 03.06.09

Uma patinadora competitiva, modelo, bailarina, cantora e actriz, a adolescente aterrou no papel de Angela, uma das amigas humanas de Bella Swan no filme de vampiros Crepúsculo, extremamente bem sucedido. Voltando para o papel para a sequela foi divertido para Christian, mesmo com a adicção extra de fãs e paparazzi, o elenco passou por toda parte.
Nesta entrevista exclusiva, a estrela falou sobre voltar ao mundo de Crepúsculo, trabalhar com um novo director e lançar a sua própria linha de vestuário.

 

IESB: Tendo começado como patinadora, modelo, bailarina, cantora e a representar desde muito cedo, como sabias que era representar que querias seguir?
Christian: Eu nunca quis realmente representar. Comecei com a patinagem e, quando comecei a fazer de modelo na Ford, eles eram assim, "Nós queremos que faças teatro também", e eu não queria, de todo. Depois eu percebi que estava a representar, de repente, acabei por gostar. Mas, não foi até eu estar realmente a fazer isso que eu me apaixonei por isso.
 
IESB: Houve algo específico que te fez decidir que representar era a carreira ideal?
Christian: Só quando comecei a sentir-me confiante nisso, que foi provavelmente quando eu entrei nesta curta-metragem independente, chamada Mrs. Marshall.
 
IESB: Achas que o facto de teres sido uma patinadora, deu-te uma disciplina e dedicação, desde a mais tenra idade, que normalmente não terias tido?
Christian: Provavelmente, sim. Eu sou definitivamente uma dessas pessoas que tem de experimentar coisas novas, e ser digna nelas. Sou realmente um pouco competitiva.
 
IESB: Quando percebeste que podias cantar e o que te fez começar a escrever músicas?
Christian: Eu comecei a escrever música. Eu acho que nunca quis ser cantora. Acho que só queria escrever. Mas, se eu acabar por fazer alguma coisa com a minha música, eu queria estar a cantar. E então, eu percebi que não era assim tão mau. Depois, era só prática e a competitividade que tenho.
 
IESB: Tens algumas inspirações musicais?
Christian: A minha mãe apresentou-me a um lote de boa música, como Fiona Apple, Dead Kennedys, Queen, e isso tudo, quando eu era muito, muito nova. Tive o gosto pelos clássicos, quando era muito jovem.
 
IESB: Trabalhar como modelo ajudou-te a aprender sobre ti mesma? Será que isso te ajudou a preparar para a rejeição que podias sentir como uma actriz?
Christian: Acho que a patinagem contribuiu mais para isso. As pessoas não percebem que patinar é bastante deformado. O termo "mãe Hollywood" é utilizado, mas eu acho na patinagem as mães são 10 vezes piores.
 
IESB: Como te tornaste uma parte de Crepúsculo? Apenas passaste pelo normal processo de audição?
Christian: Sim. Recebi um telefonema do meu agente sobre esse filme, e eu pensei que provavelmente devia fazer o meu trabalho de casa e descobrir o que era aquilo. E, foi aí que eu vi a ligeira obsessão por isso. Eu era assim, "Oh, não estragues isto," e eu fiz. Voei desde Minden, Nevada, porque eu estava a morar lá, na época. Eu estava completamente confusa na audição, mas eu acho que a (directora) Catherine Hardwicke sabia o que ela queria, e ela tinha fé em mim e trouxe-me de volta. Porque eu tinha feito o meu trabalho de casa, eu percebi o quão grande era e eu acho que isso me empolgou.  
 
IESB: Já tinhas ouvido falar antes da audição, ou deste a ti própria uma aula antes?
Christian: O engraçado é que eu não estava ainda plenamente consciente do que se passava. Eu pensei que era grande, quando eu só tinha pouco conhecimento. Olhei para isso, mas eu não vi como era enorme, a partir do pouco que vi, e até então eu pensava que era enorme. Então, isso só vai mostrar o quão grande isto realmente é.
 
IESB: A Angela era a personagem que tinhas ido a audição, ou fizeste audição para mais alguém?
Christian: Eu fui originalmente chamada para a Jessica (desempenhada por Anna Kendrick). Houve uma série de combinações e de jogos, leituras e química. Eles continuaram a chamar-me para a Jessica, mas no último minuto, eles disseram, "Podes ler para Angela?", E eu, "Oh, sim, totalmente!" Eu estava realmente animada porque eu realmente gostei dessa personagem. I wear glasses. Eu uso óculos. Os óculos que usei no filme, já usei. Uso óculos desde que eu era pequena. Então, coloquei os meus óculos, e coloquei o meu cabelo num rabo de cavalo para a audição. E então, fomos filmar e estávamos a falar da caracterização dos personagens, e Catherine disse-me que gostava dos meus óculos e do rabo de cavalo, então ela disse, "Vamos mantê-lo."
 
Fonte


Joana TP às 00:05 | link do post | comentar

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Nova tatuagem?
sai o divórcio no museu antes de no papel :D
É interessante ver Michael Sheen em um papel difer...
Obrigada!
Obrigada! Sê bem-vinda :)
Oi, sou do Brasil e sou nova por aqui, estou amand...
Não sabia que se conheciam, a St.Vincent faz parte...
Corrigido, obrigada :)
Sabe tão bem voltar a ver fotos dele em ação. Uma ...
A foto não tem dia específico. É de ''há alguns di...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds