Quarta-feira, 18.01.12

"The Sweetest Kiss"

Capítulo 28

 

 

 

 

 

Era impossível estar mais feliz. A minha vida estava a completar-se e, aos poucos já não me importava quantos anos é que a eternidade me iria fazer esperar. Olhei para Emmett que não largava o bebé nem por um segundo. Estava completamente embevecido a olhar para ele brincando com as suas mãos frágeis e com o seu nariz redondinho e perfeito. Estavam em completa sintonia e isso era uma alegria para mim. Nunca pensei que Emmett se adapta-se tão bem como aconteceu. Parecia que ele tinha estado a vida inteira à espera deste momento e fazia com que eu conseguisse ver um outro Emmett diferente daquele a que estava habituada. E isso, agradava-me. Preparei o biberão do bebé conforme tinha aprendido a fazer quando Renesmee era pequena. No entanto, iria ter mais tempo com o meu filho para aprender verdadeiramente como ser mãe. Renesmee cresceu tão rápido que foi difícil para mim acompanhar o seu crescimento. Sentei-me ao lado de Emmett que dava beijinhos no pescoço do bebé.
- Desculpem interromper o vosso momento – disse pegando ao colo o bebé – mas ele tem de comer.
- Ele e eu – Disse Emmett fazendo uma careta.
- Sim, deves ir. – Disse reparando nas olheiras e em como os seus olhos estavam negros – Porque é que não vais hoje com o Jasper e o Edward?
- Não me agrada nada deixar-te sozinha com ele... – Disse apreensivo.
- Achas que vou comê-lo ou assim? – E fingi estar muito magoada.
- Claro que não! – Disse beijando-me na testa – Mas não te esqueças que...
- Eu sei, eu sei. Mas não quero pensar nisso agora.
Mas era impossível não pensar nisso. Sabia que ainda tinha de lidar com os Volturi. Sabia que a minha felicidade podia ficar comprometida se algo de mal acontecesse e, por isso mesmo, não queria estragar o que estava a sentir agora.

Emmett despediu-se de mim e do bebé com muita dificuldade. Edward e Jasper tiveram de arrancá-lo de casa para que pudesse ir caçar. Encostei-me no sofá embalando o bebé para que ele adormecesse. A casa estava silenciosa e pude fechar os olhos por um minuto para organizar melhor o que pairava na minha cabeça. Estava embrenhada nos meus pensamentos quando uma voz doce mos interrompeu:
- Posso?
Renesmee sorria-me com os olhos a brilhar porém, a sua cara apresentava sinais de cansaço. Encostou-se a mim colocando as suas mãos na sua barriga que estava cada vez maior. Nunca tinha pensado ver Renesmee grávida. Ela para mim ainda era uma criança. Um ser inocente com que eu brincava e adorava mas, aqui estava ela, linda, uma mulher feita e com um filho no ventre.
- Tia Rose... estive a pensar numa coisa e queria a tua opinião.
- Diz, querida. Tudo o que eu puder ajudar...
- Estive a pensar num nome para o bebé quando ele nascer. Tenho algumas opções já bem definidas mas gostava de saber a tua opinião.
- Diz-me então.
- Vai ser uma rapariga por isso, gostava de lhe dar o nome de Sarah.
- Porquê Sarah?
- Era o nome da mãe de Jacob. Aposto que ele vai gostar.
Sorri. Tinha a sobrinha mais doce deste mundo.
- Claro que vai, minha querida. Vai adorar.
- E ele? – Disse Renesmee fazendo pequenas festas no braço do bebé.
- Não sei... Também tenho andado com umas ideias a pairar na minha cabeça mas ainda não tenho nada definido.
- Talvez eu possa ajudar! – Disse Renesmee alegremente.
- Bem, gosto de Harper, Liam, Kyle... Hum... Noah e talvez Mason.
- Tens imensas hipóteses. Mas não sei porquê mas ele tem cara de Kyle.
- Achas? Eu também acho que sim. Bem, acho que o pequenino já tem nome.
Kyle. Sim, parecia-me o nome perfeito para o bebé. Bastava que Emmett concorda-se e já poderia apresentá-lo com o seu nome.
- Rosalie! Rosalie! – Alice gritava com urgência.
- Mais baixo, ele está a dormir – Disse-lhe baixinho.
- Desculpa mas isto é importante. Toma.
Alice entregou-me uma carta que tinha o meu nome escrito numa caligrafia extremamente cuidada. Abri com cuidado e comecei a ler:

" Minha querida Rosalie,
Espero que esteja tudo bem contigo. Não tenho permissão para te contactar e muito menos sem que ninguém superior a mim o saiba. No entanto, aqui estou eu, confiando na sorte, mais uma vez. Provavelmente não queres saber como estou nem muito menos continuar a ler esta carta quando souberes de quem é mas resolvi escrever-te na mesma.
Peço desculpa, mais uma vez, ter-te arrastado para toda esta confusão que se formou. Muitas das coisas foram-me omitidas por isso, não sabia, com o que estava realmente a contar. Sei que não queres saber das minhas desculpas para nada e compreendo a tua posição, a sério que sim.
Queria apenas advertir-te de algumas coisas que podem ajudar-te na batalha. Dentro de poucos dias os Volturi irão ter com vocês para o desafio que Aro vos propôs. Quatro de vocês irão lutar. É Aro que irá decidir mas de certeza que, quando o fizer, a tua irmã Alice irá ter conhecimento disso. No entanto, se Edward lutar irei lutar contra ele. Já está mais que decidido. Espero que compreendas a minha posição. Também o farias de certeza absoluta. Ele que esteja preparado pois não me vou dar por vencido.
Não sei se fiz bem ou não mandar-te isto mas já não irei voltar atrás.
Podes não acreditar mas gostava que tudo isto se resolvesse de outra maneira mas, é impossível.
Fica bem e até breve.
Richard"

As minhas mãos tremiam. Respirei fundo e instantaneamente amachuquei a carta.

 



Constança às 22:00 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
É inevitável vermos estas fotos e não nos lembrarm...
Estou com um sorriso de orelha a orelha, creio que...
É impressão minha ou a Kristen está a ficar um pou...
Bolas, tenho de confessar que gostava que fosse 10...
Já foi desmentido. Zero verdade x)
Tem alguma ponta de verdade a notícia que li hoje ...
Oooohhhhhhh
Na altura em que essas fotos saíram, foi dito que ...
Foi surpreendente vê-lo entrar com aquele casaco, ...
Olá :) Talvez surpreendentemente, não, em princípi...

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds