Quarta-feira, 17.06.09

 

A história de encantar de hoje é da Mary, mas já sabes que também tu podes ter a tua história de encantar aqui publicada basta enviares "Uma História de Encantar" para twilightportugal@gmail.com, com o teu nome.

 

Era mais um dia vulgar, remotamente pacifico sem as habituais turbulências durante as aulas de Geografia. As conversas decorriam paralelamente enquanto um grupo invulgarmente concentrado tentava manter a atenção naquilo que o professor se esforçava por relatar. Eu era uma das alunas que se esforçava por ouvir, não por estar realmente interessada, apenas porque as conversas que me rodeavam eram ainda menos interessantes. Então ao meu lado, a minha colega começou a tagarelar para trás, numa conversa animada que me chamou a atenção.

 

 

O assunto em causa era um novo livro que uma delas havia descoberto. Elas estavam muito empolgadas com o conteúdo. O livro falava de vampiros. O meu interesse morreu logo, esperando que fosse algum assunto que chamasse o meu interesse. ( nessa altura estava com a mania dos enigmas históricos ) Mais alguns dias se passaram e algo de estranho aconteceu, a minha amiga Ana estava a ficar consumida pelos livros. Passava todos os seus tempos livres agarrada a eles e li-os repetidas vezes como se quisesse decorá-los. Achei estranho, mas aquele comportamento chamou o meu lado curioso a agir. Pedi, então a uma outra amiga que me deixasse ler o resumo da capa.

A história, pareceu-me à primeira vista vulgar. Um simples romance clássico, mas então o comportamento da Ana agravou-se o que levou a minha curiosidade ao extremo. Numa tarde, em meados do Natal, eu entrei numa livraria para fazer a minha revisão. Procurava livros que pudesse ler durante as férias! Então mal entrei porta dentro, os livros que a Ana lera estavam em grande destaque. Haviam-se tornado best-sellers mundiais! Levada pelo entusiasmo abri o primeiro livro da Saga, Crepúsculo e sentei-me naqueles banquinhos para criança a ler o primeiro capitulo.

 

A história começou a captar a minha atenção, como se cada palavra tivesse o poder de me seduzir. Fiquei tão transtornada com a possibilidade de ficar como a Ana ( eu achava que isso era mau na altura ) que larguei o livro e me vim embora. Mas foi tarde demais. O meu irmão vira-me interessada nos livros e mais tarde ofereceu-me os dois primeiros livros da Saga. Decidida a não me deixar encantar arrumei os livros na prateleira e decidi que não os leria. Mas a cada vez que olhava para eles, eles pareciam chamar-me e a minha resolução vacilou até que caiu. Assim que comecei a ler toda a aversão que sentia aos livros desfez-se em pó e as palavras recomeçaram o seu jogo. A história apaixonou-me e eu finalmente percebi o que fazia a Ana ficar tão deslumbrada.

A história vivi dentro de mim, cada emoção, cada suspiro. Eu podia sentir o que Bella sentia, eu conseguia desprender a minha emoção tão além que a realidade pouco ou nada me importava. Claro que depois vieram os sentimentos negativos. As diferenças no meu humor foram obvias. E a humanidade em si deixou de ter qualquer sentido. Eu queria ter um Edward só meu! Um Edward que me amasse, e me protegesse! Deixei de querer sair de casa, apenas queria passar o meu tempo a ler ou ligada à internet suspirando aqui e ali com os spoilers do Eclipse.

 

Os rapazes começaram a parecer imperfeitos, meras criaturas que simplesmente não conseguiriam satisfazer o ego de uma rapariga adolescente apaixonada. A minha visão do mundo mudou drasticamente e tornei-me uma obcecada que desejava ter um Edward. O meu mundo ficou ao contrário desde aqueles livros. Mas o ao contrário é agora o perfeito para mim. E agora cada suspiro que dou é por achar que ele falta, cada noite acordada que passo é por saber que não o tenho e cada palavra banal que escrevo é por descobrir que nunca o vou ter. Cada minuto que passa, a minha vida parece ser mais injusta, mais difícil, porque ela não me dá o que eu quero, ela não encontra o que procuro.

 

Mary, Vila Real

 



Patrícia_TP às 11:24 | link do post | comentar

8 comentários:
De Mary83 a 17 de Junho de 2009 às 11:51
Olá Mary, vejo que és transmontana, boa terra!
Gostei muito da tua história, a minha é mais ou menos parecida, um dia destes também a envio para aqui.


De Filipa a 17 de Junho de 2009 às 12:02
Percebo perfeitamente... aconteceu o mesmo comigo e, penso eu, com muita gente que leu os livros... sonhar com o nosso Edward, ficar desiludida com os rapazes que em nada se parecem com o "principe encantado", ficar triste por a vida não nos dar o nosso Edward... O meu mundo tb ficou ao contrário, mas agora acho esse "ao contrário" perfeito. Irei em busca do meu Edward. Um Edward que não será perfeito, poderá não ser lindo de morrer, certamente não será um vampiro fascinante... mas aquilo que eu tirei de mais importante da Saga não foi a perfeição, foi o amor. A perfeição é inalcançável, mas o amor... esse podemos procurar e, mais tarde ou mais cedo, encontrar :)

(E agora que escrevi isto fiquei com vontade de tb escrever a minha "história de encantar"! Quando tiver tempo, quando finalmente estiver de férias, quero ver se escrevo...)


De sara a 17 de Junho de 2009 às 20:57
Olá Filipa, posso-te dizer que já encontrei o meu Edward ",mas tenho pena de não ter percebido mas cedo. Eu também depois de ter lido os três livros vejo o mundo de forma banal; digote que não a força mas poderosa que o amor e também te digo que apartir do momento em que o encontras não que vos separe.Adorei a contracapa do livro Amanhecer


De Filipa a 18 de Junho de 2009 às 23:22
Estes livros tem realmente algo de magico, de inesperado, de... nao sei bem, mas muda a nossa maneira de ver as coisas. Pelo menos, mudou a minha. Parece que espero alguma coisa mais profunda, viver de forma mais intensa, não sei... parece que toda a gente vive de forma demasiado superficial, coisas que fazia antes parecem superficiais... nao sei bem explicar... Dou mais valor aos sentimentos, pk é isso que realmente importa. E continuo à procura do meu Edward ;)


De Ana a 17 de Junho de 2009 às 21:43
Concordo contigo plenamente... depois de acabar de ler o Crepúsculo parece que o mundo real desmotivou-me completamente, queria tanto ser como a Bella , ter a sorte dela! Mas nem tudo o que parece ser bom existe. Temos de nos contentar com aquilo que temos, mas lá no fundo continuo a acreditar que um dia encontrarei um Edward em alguém!

;P

Beijos,
Ana


De rfas a 17 de Junho de 2009 às 23:28
Gostei da historia.Sim tbm gosto do Edward cullen, e tambem me fascina mais pelo simples facto de a minha criatura mitologica favorita ser o vampiro.
Mas nao ha que distorcer a realidade o Robert é um optimo actor que consegue expor o seu talento em qualquer filme que grave.
Mas há que distinguir que nao existem homens perfeitos e se existissem eram xatos demais.O amor deles é bonito mas muito obsessivo no meu ponto de vista e se querem saber ja passei por uma esperiencia assim e não é assim tão bom!Bem de qualquer das maneiras no seu geral os filmes e os livros desta saga tem uma imensa magia. Beijos a quem criou este site e gostaria de saber o que estao a pensar em fazer para trazer cá ele!?rfas_1@hotmail.com


De Luísa a 18 de Junho de 2009 às 00:59
É engraçado como a histórias nos toca de uma maneira tão inesperada que parece q levamos com uma boa rabanada de vento na cara! LOL

Digo-vos... a magia, o amor, a perfeição que envolve toda a história faz sonhar, faz sorrir, faz chorar... mas acima de tudo, faz-nos felizes :D

Parece que não, mas, pelo menos para mim, houve um novo rumo na minha vida graças a esta história... afinal, tudo muda, quando menos esperamos... e o ao contrário, é agora perfeito, por mais que haja pessoas que tentem distorcer isso...

Luz e Escuridão, sempre <3


De Tit@* a 18 de Junho de 2009 às 20:18
indentifiquei-me pelenemente com o que relatas-te, o que aconteceu a ti a mim foi a mesma coisa


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Nova tatuagem?
sai o divórcio no museu antes de no papel :D
É interessante ver Michael Sheen em um papel difer...
Obrigada!
Obrigada! Sê bem-vinda :)
Oi, sou do Brasil e sou nova por aqui, estou amand...
Não sabia que se conheciam, a St.Vincent faz parte...
Corrigido, obrigada :)
Sabe tão bem voltar a ver fotos dele em ação. Uma ...
A foto não tem dia específico. É de ''há alguns di...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds