Quarta-feira, 05.11.08

O LA Times tem uma entrevista com a realizadora de Twilight, Catherine Hardwicke. A entrevista foi dividida em duas partes e podes ler aqui a primeira.

 

Como encontrou o prado perfeito?
Essa foi a minha desgraça, tenho de admitir. Tocou exactamente no ponto fraco. Isso foi realmente difícil, porque a nível logístico, não tínhamos um orçamento do género do "Harry Potter" ou  "Senhor dos Anéis". Num filme normal teria sido construído um cenário de um lindo pasto, e dessa forma, a luz solar podia ser controlada para que o Edward andasse para dentro e para fora. Mas com menos de 37 milhões de dólares, era impossível. Então, imagine-me a meio de Janeiro a usar botas de neve a caminhar por quilómetros de trilhas tentando encontrar o prado perfeito no meio do Oregon, a congerlar. (Foi a minha primeira vez com botas de neve - essa parte foi muito divertida.) Finalmente, depois de caminhar por todo o lado e ficar presa e vendo milhares de pontenciais locais, encontramos um lugar bonito.
 
Não foi exatamente um prado. Era ao lado de um rio. Mas era simplesmente deslumbrante. Mudámos as filmagens das cenas no prado para o fim para que tivessemos as melhores condições meteorológicas, mais próximo da primavera. E, depois, cerca de duas semanas antes das filmagens, descobrimos que ainda estava coberto com neve - o meu prado perfeito. Não se conseguia nem chegar lá, havia árvores caídas, e os camiões teriam de limpar o lugar. Então, no último minuto, mesmo no meio das filmagens, tivemos de encontrar uma nova localização para o prado. Eu estava muito tensa, como se pode imaginar. Sempre a filmar a semana interira, a congelar e a tentar encontrar outro sítio.
 
Finalmente, encontramos um local absolutamente deslumbrante ...
Tinha uns penhascos e estava envelhecido, com árvores já velhas. Simplesmente deslumbrante -, mas realmente não se parecia com um prado. Então, eu estava, "Oh, não!" Mas o tempo estava a passar. Eu tinha que filmar num determinado dia. E tinha de estar acessível. Por isso, filmamos muitas das cenas lá. E ficou lindo, quero dizer, parece um local de conto de fadas, coberto com musgo verde e a típica floresta tropical. Mas quando estávamos a montar o filme, eu disse que havia uma coisa que ainda tinha de filmar. Eu estava simplesmente a implorar e a suplicar, "eu tenho de filmar um prado. Algo que se pareça com um prado. Ou as pessoas vão-me apedrejar na rua”. Assim, acabámos por filmar um bocado da cena num lugar mágico no meio - curiosamente o suficiente - no campo de golfe de Griffith Park. Lá existem umas velhas árvores Redwood, e nós pusemos erva e musgo em todo o lado e fizémos o nosso próprio prado.  Então temos finalmente o prado, mas, não foi fácil.
 
 
Pode-nos dizer como conseguiu por o Edward a ofuscar no prado?  
Isso, novamente, foi um grande desafio. Tivemos provavelmente 10 empresas de efeitos especiais a experimentar algumas ideias para ver como podíamos fazer com que ele ficasse deslumbrante, a brilhar e a ofuscar. A maior parte não era boa. Acabámos por ficar com a  ILM (Industrial Light e Magic, George Lucas' empresa) e eles, naturalmente, são mestres em criar efeitos surpreendentes. Nós fizemos um scan completo do corpo do Rob, que se transformou num modelo 3-D dele - (risos) Existe um modelo 3D do Rob algures! – e fez-se todo um mapa de alta-tecnologia de cada parte do corpo e da cara dele.
Além de rever milhões de versões do mesmo, eu voei para a ILM com o supervisor dos efeitos visuais três vezes e passei todo o dia a trabalhar com modelos tridimensionais e de geometria e os físicos eram, "Como é que podemos fazer com que fique lindo? " Sabe, a descrição no livro é um bocadinho contraditória. A um nível, é suposto que ele pareça ser feito de diamantes cortados, noutro, ele é tão opaco como o mármore. Então, estamos tipo Ok, quando se pensa em cortar diamantes e incrustá-los na cara - e quando fizemos isso parecia que tinha acne, como uma condição da pele. E quer-se que seja opaco. Então foi uma ciência muito complicada para obter algo que tinha de ficar lindo. E assustador, também.
 
Há cenas ou momentos do livro, que não entraram no filme?
Pois bem, são quase 500 páginas – tem de se fazer a versão condensada disso. Nós realmente tentámos ter todas as coisas mais cruciais e emocionantes no filme. Isso é evidente. Mas há algumas coisas, por exemplo, a cena que eu gostava na aula de biologia onde eles fazem a tipologia sanguínea. Isso não está no filme. Nós já temos duas cenas da aula de biologia: a primeira vez que eles estão lá, e depois, a segunda vez quando eles falam. Para um filme, quando se tem de condensar, não se quer andar sempre a voltar ao mesmo cenário vezes sem conta. Portanto, isso não está lá.
A cena do prado ocupa 23 páginas do livro e, na verdade, a  Bella revela no carro, muito antes disso, quando estão a voltar de Port Angeles, que ela sabe que Edward é um vampiro. Por isso, pegámos em todas essas 23 páginas no prado e na revelação no carro e fizemos uma cena mais dramática disso. Então, em vez de dois personagens sentados num carro a conversar, é mais dinâmico visualmente - o prado - onde ela revela o que sabe.


Joana TP às 13:22 | link do post | comentar

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Maravilhoso!!
Alegria define em ver essas fotos <3
Como é bom ver fotos atualizadas desse homem marav...
Ok, muito obrigada! <3
Que máximo! Eu queria muito a tradução dessa parte...
Tão fofo!
Sorriso lindo!!
Não sei o que pensar quando vejo esses dois juntos...
Uau! Gostaria de ter participado desse leilão, que...
Boa noite,Não consegui arranjar a entrevista legen...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds