Quinta-feira, 06.11.08

“Ando praticamente todo nu, durante todo o filme,” o actor ri-se, enquanto fala sobre o Crepúsculo.

Entrevista efectuada por Larry Carroll

A estrela em ascensão de 26 anos que já ganhou um premio para “Melhor Luta”, no MTV Movie Awards, pelo filme "Never Back Down," em breve vai aparecer no altamente antecipado filme Crepúsculo.

A caminho também está o filme "The Unborn," um thriller arrepiante, escrito e dirigido pelo screenwriter do "Dark Knight", David Gover. O Cam contracena ao lado da Odette Yustman ("Cloverfield"), da Meagan Good ("Saw V") e do Gary Oldman, na história de uma jovem mulher, atormentada por uma alma morta, á qual foi negada a entrada no céu.

Quando nos encontrámos com o Cam, recentemente, ele foi mais do que disponível em falar sobre as arrepiantes filmagens de "Unborn", a maldição de família que poderá por em perigo, os seus papéis futuros, e a missão de uma vida que é encontrar o chapéu do Johnny Depp.

 


MTV: Fala-nos da tua cena preferida do "The Unborn."

Cam Gigandet: Bem, estou a pensar naquela do final do filme, que é provavelmente a minha cena preferido. Mas na verdade, não posso falar sobre isso… O que acontece no filme é, um espírito vai possuindo o corpo das pessoas até chegar ao corpo da personagem Odete. Por isso, no inicio, quando ainda esta fraco, começa a ocupar o corpo de pessoas jovens – (cena preferida) é quando ele ocupa o corpo de uma criança, e ele pratica actos, que no mínimo, são ilegais em alguns estados.

MTV: Deve ter sido dificil filmar com miúdos, que no filme eram estranhos, mas que nos intervalos das filmagens eram crianças normais.

Gigandet: Bem, [o meu personagem] desce pelas escadas e salva o dia, e eu ainda não tinha conhecido a criança antes – quando lá cheguei no inicio para as filmagens, quase ca… as calças! Era tão monstruoso e tão pouco natural ver uma criança parecer e fazer coisas, da maneira que ele fazia.

MTV: Alguma vez pensaste, que o estúdio de filmagens, em si, estaria assombrado?

Gigandet: Realmente sim. Estávamos a filmar num asilo insano, e estávamos neste grande hall que parece o interior de uma igreja, e precisamos de iluminação para simular o luar. O que eles fizerem foi trazer um foco de luz enorme – maior do que eu – e é uma bola que tem a luz lá dentro, e que é elevado no céu. Era apenas uma bola massiva, e enquanto estávamos lá sentados a filmar uma cena intensa, aquela coisa explodiu! Toda aquela luz lá dentro despedaçou-se, os vidros espalharam-se por todo o lado. (Os actores) pensaram que foi propositado, que tinha sido uma piada - mas não foi! Foi tão sinistro!

MTV: "The Unborn", também tem como actor, um dos meus actores preferidos de todos os tempos, o Gary Oldman. Como é que ele é por detrás das câmaras?

Gigandet: Na verdade ele é muito engraçado…Uma vez, tivemos de começar uma cena, na parte final, e depois tivemos de mudar a nossa direcção, e tivemos basicamente de andar para trás… então ele fez quase toda a cena, a andar para trás repetidamente (gargalhadas), assim como todo o seu diálogo e movimentos. Foi como se alguém tivesse pressionado o botão de recuar.

MTV: O filme fala de uma maldição de família, por isso queríamos te perguntar: A família Gigandet tem alguma maldição muito particular?

Gigandet: Maldições? [gargalhadas.] Bem, o meu pai é gordo. Assim como o meu avo. Não, eu não devia dizer isto. O meu pai não é gordo.

MTV: Então a maldição de ganhar peso, algum dia vai te atingir?

Gigandet: Sim, mas não sei se é uma maldição, ou maus genes. De qualquer maneira, vou ficar lixado daqui a 15 anos.

MTV: O que em leva á minha próxima pergunta: Tu tens toque especial que te leva a ficar nu, em quase todos os filmes que fazes – é isso que tu fazes?

Gigandet: Não! [gargalhadas.] É totalmente o oposto. Nos filmes "Never Back Down" e no "Crepúsculo" aconteceu - no "Crepúsculo," ando nu praticamente o filme todo — e no "Never Back Down" ele perguntaram-me, e eu preparei-me para isso. Mas no "Crepúsculo" foi uma decisão que a Catherine tomou, e eu apenas disse, "Oh, me…, eu devia começar a fazer exercício." [gargalhadas.] Eu nunca gosto de tirar a t-shirt, porque sou tão inseguro como qualquer outra pessoa no mundo. Mas acho que tens de lidar tanto com as coisas boas como com as coisas más, acho eu.

MTV: Aqui está uma oportunidade de venderes já algumas centenas de bilhetes: Tiras a t-shirt em “ The Unborn"?

Gigandet: Acho que a tive sempre vestida. Estou a tentar lembrar-me. Podem existir alguma cena de 5 segundos, em que não a tenho, mas mais do que isso, acho que não. Pelo menos, espero que não. [Gargalhadas.]

MTV: Nós temos algumas perguntas para ti sobre o Halloween: “Quais são os teus 5 filmes de terror preferidos de sempre?

Gigandet: Bem, definitivamente o original "Amityville Horror," com toda a certeza. "O Exorcista," "The Omen.”... Tu sabes, existem 2 tipos diferentes de filmes de terror: aqueles que te fazem saltar, e aqueles que te fazem sentir aquele outro tipo de medo. Alguns filmes antigos do Freddy Krueger ver a representação e isto e aquilo, fico distraído (e não me assusto). Gosto de "Rear Window," e também gosto de "Secret Window" com o Johnny Depp, mas não tenho a certeza, se esse filme era de terror — acho que foi só porque gostava do chapéu dele. [Gargalhadas.]

MTV: Tu gostaste do filme só por causa do chapéu do Johnny Depp?

Gigandet: Sim, tenho ido a algumas lojas á procura, de um chapéu exactamente igual. Mas aqueles que encontro não são bem iguais. Fico sempre a parecer um pescador, na maioria deles. Não está a resultar.

MTV: Bem, e isto leva-ma á minha próxima questão: Qual foi o melhor disfarce de Halloween que já usaste?

Gigandet: Eu só estava a falar disto, por que eu estava á procura de um novo. Todos os anos, tento mascara-me de pessoas famosas, que não estejam mascaradas, mas que estejam normais. O mau preferido talvez seja o Kurt Cobain — fui até ao fim com ele. Também me mascarei de Vince Neil, uma vez. Por alguma razão, acabo sempre por imitar músicos, o que é estranho.

MTV: Que conselhos das às pessoas que estão a escolher doces para dar no Halloween?

Gigandet: Bem, eu gosto de tudo o que tem chocolate; não de tudo o resto que é feito á base de açúcar. Sempre protegemos as casas das pessoas que davam barras de chocolate – as vezes, até apontava-mos as suas moradas. Por isso, se conseguires arranjar barras de chocolate, mesmo que só dês às pessoas que estão mesmo mascaradas, eu faço isso.

MTV: Os teus fãs sabem o quanto tu gostas de barras de Skor. Deve ser o teu sonho, ir a casas, onde eles estejam a dar caixas de Skors?

Gigandet: Não! [Gargalhadas.] Tive de para de os comer, porque eu comia, tipo, 6 por dia! Não como uma barra de Skor á muito tempo! Ah, esses eram bons tempos.


 

 



Catarina_TP às 20:17 | link do post | comentar

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Maravilhoso!!
Alegria define em ver essas fotos <3
Como é bom ver fotos atualizadas desse homem marav...
Ok, muito obrigada! <3
Que máximo! Eu queria muito a tradução dessa parte...
Tão fofo!
Sorriso lindo!!
Não sei o que pensar quando vejo esses dois juntos...
Uau! Gostaria de ter participado desse leilão, que...
Boa noite,Não consegui arranjar a entrevista legen...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds