Sábado, 20.12.08

O Crave Online tem uma nova entrevista com a Nikki Reed.

 

Nikki fala das cenas de acção, a união do elenco, as sequelas e muito mais.
twi4

 

Ser uma vampira metafórica foi mais fácil para Nikki Reed do que ser uma vampira de verdade. Ela sobreviveu aos seus dias de sedução na adolescência, mas interpretar Rosalie Cullen no filme Crepúsculo quase a colocou dentro disso. Ela explicou como foi difícil ser uma vampira loira no novo filme baseado no fenomeno da literatura juvenil.

 

Crave Online: tiveste algum contratempo para fazer as cenas de acção em Crepúsculo?
Nikki: Eu tinha que voar em cabos e eu estava a correr e só quando estava no ar é que percebi que meus braços e pernas não estavam coordenados. Tipo, tu não sabes que braço vai com que perna quando tás no ar. É realmente doloroso. Foi doloroso para mim. É tipo, estás com essa roupa de, sabes, uns 7 quilos e é tipo um cinto que estás sendo enfiado e depois és preso nuns 40 cabos e depois eles falam, "Ok, pronta? um, dois, três." E levantam-te ao ar e a camera ainda não está pronta então tens que ficar lá relaxando no ar, balançando todo o seu peso.

.
Crave Online: Quanto tempo levou para pegar o jeito?
Nikki: Levou uns [dias]. Andy Cheng era ótimo. Eu só me senti retardada. Eu senti como se tivesse conversar com cada um dos meus mebros. Esquerda, direita, mexa-se. Tem umas cenas dos bastidores que são meio engraçadas. Eu me sinto meio bobinha. Rob e eu rimos bastante daquilo.

Crave Online: Então foi uma gravação difícil?
Nikki: Tivemos que nos preparar por uns 4 dias de uma vez, tipo se o clima estivesse bom. Se estava chovendo, todo mundo estava pronto pra esse dia e às vezes, como é Portland, chovia e depois o sol saía e depois começava uma neblina e a equipe ficava frenética, tipo "Ok, devemos seguir em frente? Devemos esperar? Devemos só ficar passeando?" Tivemos muitos passeios, muitas lentes de contato ficando presasnos olhos e outras pessaos tentando tirar as lentes dos olhos. Eu estava no salão de beleza. Não sei se vocês viram uma foto minha como Rosalie, mas sim, levou 36 horas para eu ficar meio loira. Isso foi só metade da minha cabeça.

Crave Online: Você se atreveu a olhar a base de fãs online em algum ponto depois de conseguir o papel?
Nikki: Não consigo olhar. Eu sei que você ouve muita gente falar isso. Na verdade não consigo olhar. No começo. Agora eu sou a Rosalie e agora tem posters e as pessoas que não leram o livro podem ler e colocar meu rosto na personagem, mas todos nós passamos um pouco por isso, quando você tem tipo 20 milhões de pessoas lendo um livro e cada um tem sua própria idéia. Não é como se você tivesse interpretando uma pessoa real, como imitando alguém então ela tem características e maneiras que você pode imitar. Quando você faz um personagem de um livro, todo mundo tem sua idéia daquela pessoa e cada uma é diferente então você só tem que chegar a um termo, você não vai ser aquilo para todo mundo mas agora nós somos aquilo. Acho que eu tive a maior transformação de todas. Também só olhar no espelho de manhã, eu tingi o cabelo de loiro, branqueei a pele e tudo mais. Tudo que eu associo a mim mesma tipo um sinal ou seilá o quê, tudo isso tinha sumido então eu tinha que olhar no espelho e ver uma pessoa diferente todo dia. A pergunta era sobre blogs, certo, não sobre você, Nikki.

Crave Online: Que tipo de atividades para se relacionarem vocês tiveram?
Nikki: Temos a noite do pôquer. Temos uma vez por semana. Acho que beisebol, Peter me ensinou como deslizar. Esse foi nosso momento de união. Foi muito díficil para mim aprender a deslizar e foi Peter, ele adquiriu contusões nas pernas me ensinando a deslizar graciosamente. Rob e Kristen são ótimos. Isso é acelerado numa classificação muito rápida. Acho que todos nós vimos desde o começo até agora, e estão fazendo um ótimo trabalho. Kristen é minha melhor amiga então não sei mais o que dizer sobre isso. Eu passo todo dia com ela virtualmente e vamos fazer outro filme juntas em janeiro. Chama-se K11. A mãe dela vai dirigir. É sobre uma seção conhecida em uma prisão masculina.

Crave Online: Você já teve algum encontro estranho com fãs?
Nikki: Teve uma mulher que me pediu para segurar o bebê dela por um tempo porque ela queria muito que Rosalie segurasse o bebê dela. Não Nikki, Rosalie. Eu me toquei depois, no terceiro livro, acho que é no capítulo sete que a Rosalie fala sobre como ela queria ser uma mãe e ter uma vida simples e que parte de seus sentimentos por Carlisle são que ela não teve a escolha de se tornar uma vampira. E não sei se estou exagerando mas essa mulher veio até mim e falou, "Você pode segurar meu bebê." E eu ficava tipo, okay. E eu estou carregando por aí uma criança de seis meses por tipo 30 minutos. Não sabia onde a mãe tinha ido.

Crave Online: O que você acha dessa perspectiva dos vampiros? Você ficou chateada porque não tinha presas?
Nikki: Teve uma vez que houve uma discussão sobre dentes. Quero dizer, teve uma época em que isso era só discutido. E eu pensei que todos meio que ficamos animados com a idéia do que isso significa? O que está nos diferenciando das crianças na escola? É diferente. Você lê o livro e tem certas descrições que realmente te levam a esses personagens, como o vermelho escuro nos olhos deles e a beleza intimidante deles e depois você chega lá e pensa, "Certo, como vamos fazer isso? Como você pode na verdade colocar uma cor vermelho escura por trás dos olhos deles e não parecer que somos um bando de aberrações na escola? E como podemos incorporar roupas dos anos 30 e 40." Nós lidamos com isso muito, tipo ir para a escola, queríamos trazer aquele elemento mas nós nos destacávamos demais. Nos livros, funciona, mas quando você junta tudo visualmente, nós nos destacamos muito com a pele pálida. Então é como, escondemos todas as outras características com maquiagem branca e depois colocamos maquiagem por cima para parecer que estamos tentando ou isso é demais? Estamos entrando nesse 'demais'? Agora tenho que ver True Blood. Alguém viu aquela série?

Crave Online: Você já assinou para todos os quatro filmes?
Nikki: Três. O quarto ainda não tinha saído então temos só a trilogia. Não sei como eles vão fazer, talvez juntar, não sei.

Tradução: Twilighters


Patrícia_TP às 12:57 | link do post | comentar

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Nova tatuagem?
sai o divórcio no museu antes de no papel :D
É interessante ver Michael Sheen em um papel difer...
Obrigada!
Obrigada! Sê bem-vinda :)
Oi, sou do Brasil e sou nova por aqui, estou amand...
Não sabia que se conheciam, a St.Vincent faz parte...
Corrigido, obrigada :)
Sabe tão bem voltar a ver fotos dele em ação. Uma ...
A foto não tem dia específico. É de ''há alguns di...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds