Quarta-feira, 04.02.09

A Creme tem uma entrevista com Robert Pattinson, e disponibilizou um excerto na sua página de internet. Podes ler aqui.

 

Este filme fez-te pensar sobre os subrenatural?
O director de Decode Shane Drake diz: "Nós filmamos na floresta – estávamos a tentar de certa forma imitar o tipo da vibração de “Crepúsculo”que acontece na floresta e nas árvores. Acho que fizemos um bom trabalho ao tentar encontrar essa essência, mas continua a ser única e original. "
 
É claro que tu e a Kristen têm uma grande química! Achas que se pode cultivar esse tipo de coisa, ou é um caso de simplesmente ter ou não?
De certa forma eu acho que se pode cultivar até um ponto. É preciso se estarc omprometidos com isso, mas definitivamente, desde o início houve essa coisa com a Kristen e eu senti que estava certo. Por outro lado, se se ficar um pouco na personagem o tempo todo ele eventualmente começa a sair para fora.
 
Então, ficaste na personagem?
Bem, mais ou menos. Quer dizer, eu não disse muito. Pensei que seria melhor - oh não, estou a revelar todos os meus truques! (Risos) Mas eu achei que a melhor maneira de fazer isso seria não dizer nada ao resto do elenco. Então, eu não falei com nenhum membro do elenco, sobre mais nada além do filme. Acho que sempre faz com que se seja mais atraente se não se disser nada e eu estava a tentar fazer isso.
 
Assim como o Edward, tu pareces ser um pouco invulgar – reves-te nele a algum nível?
Sim, eu acho que tentei criar o personagem mais assim, porque percebi que ele é suposto ser diferente de muitas maneiras no livro e eu não via a forma de interpretar isso que de uma forma que parecesse atraente para pessoas que não sabiam sobre o livro.
 
O que achas que há neste livro que criou todo este fenómeno? É mais do que apenas uma história de amor obsessivo para adolescentes...
Eu penso que há muito poucas coisas diferentes. Acho que uma das coisas, o apelo inicial, quando eu o li pela primeira vez quando não era tão conhecido, eu li e pensei isto é estranho. É como a fantasia da Stephenie Meyer. Parecia que a autora pensou que era a Bella - há tantas coisas sobre a personagem do Edward que são muito específicas. Então, de muitas maneiras as pessoas sentem-se muito voyeuristicas e isso que foi uma das coisas estranhas que me pôs fora disso, para ser honesto, mas, depois, quando comecei a fazer o trabalho foi isso que eu gostei nele.


Joana TP às 23:11 | link do post | comentar

status

Online desde:25.04.2008

Contador: hits

Staff do TP: And, Carolina
layout: MissangaAzul


Contactos


em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Nova tatuagem?
sai o divórcio no museu antes de no papel :D
É interessante ver Michael Sheen em um papel difer...
Obrigada!
Obrigada! Sê bem-vinda :)
Oi, sou do Brasil e sou nova por aqui, estou amand...
Não sabia que se conheciam, a St.Vincent faz parte...
Corrigido, obrigada :)
Sabe tão bem voltar a ver fotos dele em ação. Uma ...
A foto não tem dia específico. É de ''há alguns di...

Arquivo
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds