Quarta-feira, 25.05.11

 

 

 

 

Versão do Quil

 

"Então crianças! Toca a acordar. Isto foi tudo para esperarem por mim?" perguntou Carlisle.

"E por mim?" soou a voz de Bella.

"Bom dia..." saudei ensonado.

"Vamos, temos um castelo para invadir." disse Edward. "A Bella vem connosco, não porque eu quero mas porque ela é teimosa. Ainda estou para perceber como é que o Carlisle te deixou vir..."

**

Os pontos estratégicos seleccionados por Edward eram extremamente bem pensados, tudo iria funcionar perfeitamente, não havia escapatória possível. Só falharia se Rubi não estivesse lá.

"Vai estar Quil!"

"Edward, pára de me ler os pensamentos."

"Sim, sim, ok." disse enquanto gargalhava audivelmente. "Não se esqueçam. Só se transformam quando e se houver luta."

"Ok!" disse Sam.

"Vamos entrar." ordenou Carlisle.

 

Versão do Seth

 

Mais um dia sem o meu amor, sem a minha Rubi!! Começo a ficar desesperado deitado nesta cama, com um sentimento de impotência a assombrar-me o espírito. Leah ficou comigo para ter a certeza de que eu não saio para ir ter com a Rubi. Esme também ficou para me tratar e para tomar conta da Kim e do Nate, visto que Rosalie foi arrastada por ser uma peça essencial no grupo. Jake e a Nessie aparecem esporadicamente durante o dia para conversarem um pouco connosco. Dizem que a Bella não os deixa partir, e como o Jake não quer que a Nessie corra perigo não arrisca ir. Se ele fosse eu ficaria bem mais descansado, mas pronto. Confio naqueles que foram, só espero que tudo corra bem. Se fico muito mais tempo sem a minha Rubi não sei o que pode acontecer.

 

 

Versão da Rubi

 

Recuperei os sentidos, e reparei que estava na mesma sala onde Alec me tinha ido buscar da última vez. A minha cabeça latejava. Desejei que tudo aquilo fosse um pesadelo. Um vazio crescia dentro de mim de segundo a segundo. Sentia a falta de Seth, esperava que ele estivesse bem. Não ter notícias dele deixava-me nervosa, revoltada... Ele era demasiado importante para mim, costumava perguntar a mim mesma o quanto eu gostaria dele. Eu não conseguia determinar… passava momentos a tentar perceber mas era impossível. Era um amor imenso que ninguém conseguirá alcançar, destruir ou abalar. Eu sentia, agora, que tinha nascido para ficar com ele, começava a acreditar que o lobo tem a impressão natural por aquela que lhe está destinada.

 

*Flashback*

"Eu amo-te. Isso nunca vai mudar. Vai ser assim, para sempre. Vou estar ao teu lado sempre que precisares, vou ser fiel, leal, dedicado, tanto como amigo, tanto como namorado. Tu decides o que serei para ti. Por enquanto seremos só amigos. Ninguém sabe o que vai mudar amanhã!" disse Seth enquanto me olhava nos olhos.

"Para mim és um grande amigo, o maior. Por muito que queira ainda não te consigo amar dessa maneira. Mas sinto-me bem sabendo que me amas assim..."

"Talvez isso seja um sinal!"

"Talvez..."

Ele abraçou-me.

*Fim do Flashback*

 

Era demasiado difícil pensar noutra coisa que não ele. Ele era a minha vida, era para ele, por ele, com ele, que eu existia. Sem ele a minha vida deixava de existir e eu não passaria de um ser ambulante sem coração, com sangue gelado a correr nas veias lentamente, vivendo pelo simples 'ter de viver' desejando nunca ter nascido. Não seria feliz, não seria quente, não seria adorada, não seria eu. Ele faz-me ser quem eu sou.

Assustei-me quando senti quatro mãos agarrarem os meus braços. Dois matulões, da guarda Volturi, arrastavam-me pelo corredor fora.

"Eu consigo ir sozinha..."

Eles não respondiam, apenas continuavam a andar sem eu saber para onde me levavam.

Pararam em frente a umas portas de madeira talhadas a ouro que se abriram após alguns segundos.

Vislumbrei uma imensidão de beleza arquitectónica. À minha frente estendia-se a passadeira vermelha que parava no altar da igreja  do castelo Volturi. Aro estava sentado no trono do meio, ao seu lado direito Marcus, e ao seu lado esquerdo Caius também sentados em tronos. Ao lado de Cauis, Jane mantinha-se de pé. Junto de Marcus, um vampiro que já tinha visto mas não sabia o nome. Procurei Alec com o olhar mas não o encontrei. Pensei que o pior pudesse ter acontecido.

"Olá Rubi."

"Olá Aro."

"Hoje estamos aqui para te converter, Rubi, ao nosso modo de vida. Em breves momentos serás uma de nós. Rubi Volturi." informou Aro.

O meu coração disparou, eu não queria.

"Serás a primeira semi-vampira a juntar-se a nós. Esperemos que não ofereças resistência...senão... Tu entendes. Ajoelha-te minha querida." ordenou. Assim o fiz.

Passou-me pela cabeça Seth a entrar naquela sala rapidamente impedindo que aquilo acontecesse.

"Rubi, eu te ofereço, uma existência ao nosso lado, repleta de lealdade (...)" ele falava mas eu deixei de ouvir. Concentrei-me e pedi com todas as minhas forças para sair daquele filme.

Um estrondo fez-me despertar, olhei para trás.

"Aro, nem penses. Ambos sabemos que é contra as regras obrigar um vampiro a juntar-se a vós." Carlisle falou e agradeci para mim mesma sabendo que Edward ia ouvir, ele sorriu. "Como amigos que somos, decidi vir avisar-te do erro que estás a cometer, não é correcto quebrar as regras."

"São as minhas regras. Eu faço-as, logo aplico-as como quiser."

"Sabes que não é bem assim!"

"Caro Carlisle, peço que se retire. Rubi irá ser uma de nós, quer queira quer não."

"Lamento, caro Aro. Mas não viemos para voltar sem ela."

"Pois, assim sendo, ficam também, porque ela não vai a lado nenhum."

"Bem! Nós tentámos Carlisle, ele não cede." disse Edward desistindo.

O quê? Vais desistir? Agora? Vão deixar-me aqui? Eu não acredito.

Aro sorriu com a conquista.

"Sendo assim, meu filho, teremos de passar ao plano B." concluiu Carlisle.

Afinal há um plano B. Uff que alívio. Assustaste-me Edward!

"Plano B... Isso é..." incentivou Aro.

"Violência!" declarou Alice entrando na sala juntamente com Bella, Jasper, Emmett e Rosalie, com um sorriso rasgado de raiva.

Aro e os restantes Volturi voaram sobre mim e atacaram os meus amigos. Fechei os olhos com o susto. Quando os abri, vi Edward contorcido no chão, tal como Emmett, sob o olhar doloroso de Jane, Bella não havia tido tempo para exercer o seu escudo sobre eles. Carlisle fez Aro embater contra a parede do outro lado da sala, mas rapidamente ele voltou. Agora eu estava sem protecção mas continuava amarrada. Os guardas que me haviam trazido estavam também a lutar. Os Cullen eram poucos comparados com os Volturi, facto que me preocupou. Alice dava uma tareia a tudo o que lhe aparecia à frente, com o poder de Bella nenhum dos Volturi conseguiria atingir um dos nossos. Rosalie tentava distrair Jane para que Edward e Emmett se soltassem da dor penosa do olhar de Jane. Quando comecei a ver tudo a ir por água abaixo, devido ao meu pessimismo...

"OLÁ, OLÁ, SURPRESA!" disse Quil ao entrar na sala acompanhado por quase todos os lobos. Faltava Jake...Leah...SETH? Oh não... Tentei abstrair-me dos piores pensamentos. Todos se transformaram, Quil correu na minha direcção e arrancou as correntes com os dentes.

"Obrigada." disse enquanto corria em direcção a Jane, dando um encontrão brutal que a fez desviar o olhar soltando Edward e Emmett.

"BELLA!" gritou Rosalie. "PROTEGE-OS!"

"Estás bem amor?" perguntou-me Alice.

"Sim! Obrigada!" respondi enquanto continuava a desviar-me dos ataques que se dirigiam a mim. Nem conseguia perceber com quem lutava realmente. A acção era muita, até era divertido sentir a adrenalina dentro de mim.

"Renata, mesmo a tempo." disse Aro, agora protegido pelo escudo de Renata. "Trouxeste o Alec? Espero que não me desiluda."

Alec olhou-me nos olhos e avançou na minha direcção.

"Precisam de ajuda?" perguntou.

"Alec, não. Prefiro que te vás embora!"

"Deixa-me!" mal acabou de pronunciar estas palavras avançou sobre Aro.

"ALEC!" ouvi o grito estridente de Jane.

"ALEC!" repetiu Aro agarrando-o brutalmente. "Renata, protege-me juntamente com o Caius e o Marcus. Já!" ordenou.

"Certo, mestre!"

"Caius, Marcus, venham..."

Eles aproximaram-se de Aro, obrigaram Alec a ajoelhar-se. Caius e Marcus seguraram-lhe os braços, Aro a cabeça.

"NÃO!" gritou Jane levando as mãos à cara.

Aro rodou ligeiramente a cabeça de Alec e de repente arrancou-a. Uma labareda surgiu uns escassos metros ao lado, provocada pelos guardas. A cabeça foi projectada para lá, tal como os braços, o resto do corpo desfez-se em pó. Jane correu para fora da sala.

Carlisle e Edward, revoltados, aumentaram a chama da raiva dentro de todos nós.

Reparei que o Sam saltou para cima de Aro ferindo-o, fazendo com que ele caísse. Aí todos pararam de lutar!

Caius e Marcus aproximaram-se imediatamente dele. Ouvi um sussurrar imperceptível e depois Renata falou.

"Quero todos daqui para fora. Por hoje chega. Mas não vamos desistir para sempre. Um dia, vocês serão um de nós." 

 



Constança às 21:39 | link do post

De Inês a 25 de Maio de 2011 às 22:55
Óptimo como sempre! :)
espero pelo próximo capitulo... :)


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

status

Online desde:25.04.2008

Staff: And e Carolina
Layout: Missanga Azul
em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Tinha de vir aqui a este cantinho, finalmente o Mi...
A primeira imagem certamente está "quebrada", e pa...
Sobre os Talentos especiais de Alec: ele tem um V...
Você ainda a tem? Se sim, poderia me enviar? model...
Olá. Estou a procura de uma fanfiction que vocês p...
Aproveito só que está esteve a dar breaking dawn n...
Pelo que eu vi da entrevista, o Rob foi irônico ao...
Casamento lindo, me lembrou muito o casamento da B...
Meu sonho encontrar ele assim
Casal mais lindo

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds