Quarta-feira, 05.10.11

Podem ler a primeira parte aqui.

 

loading

 

Kristen, uma californiana, trabalha desde os 8. Desde sempre ela sabia que queria lutar por um projecto, em vez de ir por o caminho mais fácil de fazer comerciais a falar com macacos. Não que ela tivesse a certeza que quisesse ser actriz, mas antes o tipo de actriz que não queria ser.

 

O seu primeiro bom papel foi no filme independente The Safety of Objects, ideia original do livro de AM Homes sobre a disfunção e o tumulto numa pequena cidade da América. Kristen interpretou a maria-rapaz filha de uma cantora perturbada (Patricia Clarkson). Eu estive em Safety…no fim do período em que pensei que deveria representar. Como criança, fazes audições para muitas malditas embaraçosas – e as minhas palavras eram praticamente as mesmas naquela idade…

 

 

Podem ter reparado, que Kristen aprecia uma boa blasfémia. Algumas mulheres não dizem palavrões, outras não tão f****** com isso. Com Kristen a linguagem em tons de azul flui normalmente como um espírito livre. Eu era Não pode ser o que me custou muitos trabalhos. Era por isso que ia pelos movimentos. Mesmo ao começar levava as coisas muito a sério. Não era o tipo de criança que fazia um comercial de bonecas ou que fazia uma série da Nickelodeon. Pediam-me para fazer coisas parvas, e eu não era uma criança parva.


O notorioso mau-humor de Kristen, preguiça e o reportado temperamento doente é muitas vezes comentado – ela entende: É engraçado.Tirei uma mochila velha do armário no outro dia, uma que costumava usar sempre na adolescência. Está coberta de sinais de anarquia, cvom todas as frases e coisas de metal. Estava do tipo Uau, devias ter gostado muito da maneira que estava. Apesar de tudo o que as pessoas diziam, eu seguia muito as regras na escola. Adorava o ar preguiçoso, do tipo, Ei! Não quero saber… Mas se não fizesse o trabalho de casa entrava em pânico.


Em 2001, Kristen teve a sua grande oportunidade em Hollywood ao lado de Jodie Foster, ao ser escolhida por influência do realizador de Panic Room , David Fincher. É um thriller inteligente, intenso e violento sobre um roubo mal-sucedido numa vivenda luxuosa de Manhattan. Foi intenso. E os takes eram intermináveis, o que era de experar do David. Ele tem uma filha da mesma idade, o que facilitou as coisas – ele sabia como lidar. Ele é intenso, mas eu não conhecia diferenças.


Depois de Panic Room, Kristen fez participações como a rapariga complexa, inteligente, a blindar a cara com o seu longo cabelo enquanto passava por algum tipo de crise existencial, hormonal ou qualquer coisa. Speak (2004) foi um filme para televisão sobre uma adolescente de liceu – depois de ser violada numa festa pelo tipo famoso da escola – para com o contacto verbal com aqueles que a cercam. Fez com que a actriz de 13 anos recebesse uma enchente de críticas positivas, sem falar da sua maturidade ao tratar de um assunto tão sensível. Eu estava muito alerta para o tema do filme, diz ela. E não era por nada que tivesse acontecido na minha vida – nem por sombras. Eu cresci numa casa muito feliz.


Outro foi Into the Wilde de Sean Penn, um filme de 2007 sobre o aventureiro real Christopher McCandless, um jovem que pecorreu a América no início dos anos 90 – titulando o norte do Alasca – que se ofereceu para estar EM Natureza do que na casa dos pais e ir para a Univversidade e arranjar um trabalho como todos os outros. McCandless foi muito bem interpretado por Emile Hirsch, enquanto Kristen foi seleccionada como a doce adolescente que desenvolve uma paixoneta pelo sonhador.

 

 

Tradução e adaptação: TP (por Sandra Pereira)



And às 22:02 | link do post | comentar

2 comentários:
De Madalena_Rose_Cullen a 5 de Outubro de 2011 às 22:11
http://starlounge.pt.msn.com/gallery.aspx?cp-documentid=159384693


De MargaridaCosta4 a 5 de Outubro de 2011 às 22:15
encontrei esta noticia sobre uma entrevista a kristen +.+

http://starlounge.pt.msn.com/gallery.aspx?cp-documentid=159384693


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Staff: And e Carolina
Layout: Missanga Azul
em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Sobre os Talentos especiais de Alec: ele tem um V...
Você ainda a tem? Se sim, poderia me enviar? model...
Olá. Estou a procura de uma fanfiction que vocês p...
Aproveito só que está esteve a dar breaking dawn n...
Pelo que eu vi da entrevista, o Rob foi irônico ao...
Casamento lindo, me lembrou muito o casamento da B...
Meu sonho encontrar ele assim
Casal mais lindo
Chuva de fotos, amo! Prefiro quando o Rob está com...
Dakota linda!

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds