Terça-feira, 20.12.11

"Brianne"

Capítulo 49 - Pintar As Unhas E Partilhar Sentimentos

 

 

 

 

 

Depois de um banho fresco e revigorante, senti-me muito mais calma, mas, mesmo assim, desci as escadas sentindo-me culpada por ter mandado Seth embora pela janela.
Afinal já toda a gente sabia, certo? E Ellen ia acabar por encontra-lo em qualquer outro local, não ia?
E eu, muito provavelmente, trazia o seu cheiro em mim.
A primeira pessoa com quem me cruzei foi Jacob – pelo que sabia, era ele quem estava encarregue de levar Reneesme todas as manhas à escola.
- Bom dia Brianne – disse-me com um sorriso de orelha a orelha, piscando-me o olho.
Oh Meu Deus! Ele também sabia!
- Hum – pigarreei. – Bom dia, Jacob.
- Pois... - disse ele erguendo as sobrancelhas e contendo uma gargalhada.
Sem saber o que fazer, segui para a cozinha, para tomar o pequeno-almoço.
Agora inevitável que os outros não descobrissem! Se não fosse pelo cheiro, seria através de Jacob... E eu, ia ser alvo de chacota por ter recambiado Seth de volta a La Push pela janela...
Dirigi-me ao frigorífico, na esperança de encontrar leite, mas ainda mal tinha chegado ao meu destino e já umas mãos me arrastavam aos tropeções e em "marcha-tas" divisão fora.
Se não estivesse numa casa de vampiros, poderia jurar que estava a ser raptada, ou assaltada, mas nas actuais circunstâncias...
Algo no meu íntimo dizia que as mãos geladas em redor do meu braço, pertenciam a Ellen.
Mais uma surpresa... Ellen estava a ficar especialista, pensei com sarcasmo.
Em menos de nada já estava sentada numa das confortáveis cadeiras mesas da sala de jantar, à minha frente, quais policias, estavam Ellen e Alice.
- Mas...? – comecei sem saber bem o que e como perguntar o que queriam de mim.
- Vá! Agora que ninguém nos ouve, conta! – ordenou Ellen.
- Conto? - perguntei confusa, ainda sem perceber onde me encaixava naquela cena, principalmente por Alice estar munida de vernizes das unhas de varias cores
-Oh! Vá lá! Conta! – insistiu Alice.
-Não há nada para contar – contrapus novamente ainda longe de perceber de que estávamos a falar.
- Eu conheço-te Brianne ! Tu tens coisas para contar! – redarguiu Ellen.
- Não, não tenho! – defendi-me.
- OH! ... - queixou-se Alice, ao mesmo tempo que puxava o meu dedo, em direcção ao pincel tingido de cor-de-rosa, que segurava.
Mesmo contra a minha força máxima, Alice pintava-me as unhas com aparente calma.
- Alice, podes parar de me pintar as unhas? – pedi por entre dente cerrados, tentando mais uma vez, e sem sucesso, faze-la parar.
- Não! E tu podes parar de ser teimosa e contar-nos o que se passou ontem?
Bufei! Então elas queriam saber de mim e de Seth?
- Não se passou nada! – repeti, tentando contenta-las para me libertassem.
- Nada é taãoooooo relativo – gozou Alice.
-Vá lá! Conta! – incentivou Ellen com entusiasmo.
O que poderia eu contar? Que eu e Seth havíamos conversado a noite toda, e nos deixamos dormir? Queria-me parecer que não era nada disso que elas queriam ouvir.
- Oh! Vá lá meninas! Deixem-na em paz! – a voz salvadora de Bella ecoou pela sala.
Levantei-me automaticamente da cadeira, levando comigo a mão, e as unhas que Alice insistia em pintar.
- Hei! – Reclamaram as duas em uníssono.
- Hei, digo eu! - corrigi. – A minha mão é que esta neste estado – brinquei, mostrando a risca de tinta que manchava a minha pele.
- Bella, estragas sempre os jogos divertidos – disse Alice com ar matreiro.
- Estrago, porque sei muito bem como são esses jogos divertidos contigo, Alice Cullen. E também quem se costuma divertir com eles.
Sorri. Bella, enquanto humana, já passara por todos estes testes e situações estranhas e divertidas nas mãos de Alice.
Ellen e Alice soltaram uma gargalhada.
Bella saiu da sala, e com a cabeça, indicou-me que a seguisse.
Quando já estávamos longe do alcance dos apurados olhos de Alice e Ellen, Bella parou e encarou-me com um sorriso divertido.
- Bem, acho que deves ter um compromisso qualquer – comunicou-me.
- Um compromisso?
Sim. Parece que temos um lobo lá fora que precisa de companhia para o pequeno-almoço – esclareceu.
Olhei para a janela envidraçada à nossa frente, e vi Seth encostado a uma das árvores. Olhei-o com ar surpreendido e ele piscou-me o olho.
Bem, por entre pintar as unhas e partilhar sentimentos, e um lobo matreiro, eu estava bem arranjada por terras americanas.

 



Constança às 22:00 | link do post | comentar

2 comentários:
De Margarida a 20 de Dezembro de 2011 às 23:30
Ahahah! Gostei das unhas rosa :P Vou já ler o próximo :)


De Marina Ricardo a 28 de Janeiro de 2012 às 23:59
MUITO Obrigada!

:)

Beijinhos*


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Staff: And e Carolina
Layout: Missanga Azul
em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Tinha de vir aqui a este cantinho, finalmente o Mi...
A primeira imagem certamente está "quebrada", e pa...
Sobre os Talentos especiais de Alec: ele tem um V...
Você ainda a tem? Se sim, poderia me enviar? model...
Olá. Estou a procura de uma fanfiction que vocês p...
Aproveito só que está esteve a dar breaking dawn n...
Pelo que eu vi da entrevista, o Rob foi irônico ao...
Casamento lindo, me lembrou muito o casamento da B...
Meu sonho encontrar ele assim
Casal mais lindo

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds