Quinta-feira, 12.01.12

"Brianne"

Capítulo - Adeus, Amo-te

 

 

 

 

 

Há coisas que não podemos adiar mais. Que temos mesmo de fazer. Que não há como escapar.
Era assim com a minha partida, e seria assim com as despedidas.
- Tens mesmo de ir, não tens? – perguntou Reneesme enquanto me penteava os cabelos.
Estávamos as duas no quarto. No andar de baixo o cenário de festa estava a ser desmontado.
Nos meus sonhos mais mórbidos, estavam a ser colocadas faixas negras de despedida nas paredes da sala.
- Sim... - lamentei – tenho mesmo de ir hoje...
- Tenho pena... - disse. – É tudo tão mais divertido quando cá estás! A tia Alice anda sempre animada!
Sorri. Pois... era de imaginar que Alice ficasse alegre com a presença da sua nova cobaia.
- Prontinho! – anunciou, pousando a escova na cama.
- Obrigada – agradeci.
Sem que nada o fizesse prever, Reneesme abraçou-me. Uma lágrima correu-me pelo rosto.
- Prometes que me mandas emails? Ou telefonas? – pediu.
- Claro – disse-lhe com voz rouca.
- Está na hora, não está? – perguntou depois de mais alguns minutos.
Acenei afirmativamente com a cabeça.
Reneesme soltou um suspiro demorado e olhou-me nos olhos. Os seus olhos cor de chocolate penetraram os meus.
- Tudo vai ficar bem... - sossegou-me. – Acredita.
Tocou o meu rosto, e mostrou-me uma imagem nossa a fazer o trabalho sobre Portugal, dias atrás.
Voltei a abraça-la. Ela fazia lembrar-me Roslyn...
Separamo-nos, peguei na mochila e limpei os olhos às costas da mão. Não queria que me vissem a chorar.
Descemos as escadas de mão dada. Todos os Cullen nos esperavam na sala.
O meu olhar procurou Seth. Mas ele não estava presente naquele quadro de família.
No último degrau, Reneesme largou-me a mão e correu para o lado de Jacob.
Não sabia o que dizer...
- Foi um prazer ter-te connosco – começou Edward com um sorriso.
Obrigado, pensei. Estava certa que ele perceberia.
- Volta sempre! Estaremos sempre aqui prontos pare te receber – disse Carlile. Esme anuiu, de olhos brilhantes.
- Obrigada a todos – disse uma voz que deveria ser a minha, embora a sentisse e ouvisse ao de longe.
- Obrigado pela animação! – agradeceu Emmet. Rosalie soltou um risinho.
- Temos uma coisa para ti! – comunicou Bella – Alice...
Alice apareceu a meu lado com um envelope.
- Abre! – ordenou.
Assim fiz. Dentro haviam duas folhas de papel com diferentes texturas.
A primeira era uma fotografia. Olhei para os rostos sorridentes. Era uma foto de família recente – Ellen já se lhe juntava.
Os meus olhos procuraram-na na sala. Estava ao pé de Jasper, de braços cruzados sobre o peito. Parecia contrariada. A dor que havia nos seus lhos era uma ténue sombra da que ali ficara presa quando Harry me atacara e ela se vira obrigada a expulsa-lo da sua vida, mas mesmo assim, estava lá...
Ao ver-me olha-la, sorriu levemente.
A segunda folha parecia tratar-se de uma página rasgada de um caderno. Li-a, e percebi do que se tratava. Era uma página dos diários manuscritos de Bella, que havia dado origem a toda a saga.
- É um das partes que mais gostas, não é? O nosso reencontro? Em Eclipse? – perguntou Bella.
Acenei com a cabeça. Aquela era de facto uma das minhas partes favoritas. Depois de Alice raptar Bella... quando Edward regressava a casa, depois de mais uma caçada.
Sorri, com lágrimas nos olhos.
- Obrigado a todos! Por tudo. – agradeci.
Suspirei. Estava na hora de distribuir beijos e abraços.
Com poucas palavras, e muito choro à mistura, despedi-me de todos.
- Dá-me a tua mochila – vou pondo tudo no carro – disse-me Ellen.
Acenei-lhe afirmativamente com a cabeça e limpei as lágrimas com as costas da mão.
- O Seth? – perguntei a Jacob, depois de entregar os meus pertences a Ellen.
- Está no jardim. Preferiu esperar lá fora.
Olhei uma vez mais para todos os Cullen.
Acenei-lhes e saí.
- Faz boa viagem – gritou Reneeme quando fechei a porta.
O ar frio do exterior magoou-me os pulmões. Os meus olhos varreram o jardim até localizarem Seth.
Encontrei-o encostado a uma das grandes árvores. Fixava a casa, sem a ver de facto. Os seus olhos pareciam vazios. Tinha os punhos cerrados.
Fui ao seu encontro. As minhas pernas tremiam como varas verdes, e a minha visão estava turva.
Nada parecia real, mas ali estava eu, a despedir-me do meu lobo... do meu amor...
Parei na sua frente, não me importando com a poça de água que estava debaixo dos meus pés. Ele não me olhou nos olhos.
Tomei uma das suas mãos na minha. Precisava que ele me olhasse.
-Podes olhar para mim, por favor – pedi.
O meu coração vacilou ao vê-lo de lágrimas nos olhos.
- Seth... - sussurrei.
- Eu não tenho quem culpar! – uma gota de água salgada rolou pela sua face. – Não há ninguém a quem possa apontar o dedo e dizer que é o culpado por teres de ir embora... E isso está a matar-me. Ninguém tem culpa...
- Não... não há culpas...
Ambos chorávamos.
Seth abraçou-me. De uma maneira forte e desconhecida. Urgente e desesperada.
- Oh Seth.... – gemi.
- Amo-te, sabes disso não sabes? – perguntou ao meu ouvido.
- Também te amo – retribui – Muito.
Não sei quanto tempo estivemos abraçados um ao outro e à ultima réstia de esperança que viva em nós. Apenas nos separamos quando Ellen veio ao nosso encontro.
-Bri... - disse com um suave murmúrio.
- Eu sei – assenti com a cabeça, separando o meu corpo do de Seth.
- Adeus.
- Schhh – interrompeu-me, colocando-me o indicador sobre os lábios – Não te despeças de mim.
Fechei os olhos, sentindo o seu toque. Um rio de lágrimas formou-se no meu rosto.
Seth beijou-me a testa.
- Sempre que o vento agitar os teus cabelos, estarei a pensar em ti... - sorri. – E quanto não estiver, também...!
Afastamo-nos. Olhei imensidão dos seus olhos. Li-lhe alma, e parti.
Adeus, Amo-te, disse-lhe em pensamento. Sabia que ele ouviria.

 



Constança às 22:30 | link do post | comentar

2 comentários:
De Telma a 24 de Janeiro de 2012 às 23:04
eu só queria saber se ainda falta muito para os próximos capítulos, é que estou a adorar esta fanfic... está fantástica, Parabéns


De Marina Ricardo a 28 de Janeiro de 2012 às 23:52
Muito Obrigada Telma!
Espero que continues acompanhar e a gostar! :)

Obrigada!

Beijinhos*


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Staff: And e Carolina
Layout: Missanga Azul
em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Tinha de vir aqui a este cantinho, finalmente o Mi...
A primeira imagem certamente está "quebrada", e pa...
Sobre os Talentos especiais de Alec: ele tem um V...
Você ainda a tem? Se sim, poderia me enviar? model...
Olá. Estou a procura de uma fanfiction que vocês p...
Aproveito só que está esteve a dar breaking dawn n...
Pelo que eu vi da entrevista, o Rob foi irônico ao...
Casamento lindo, me lembrou muito o casamento da B...
Meu sonho encontrar ele assim
Casal mais lindo

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds