Segunda-feira, 25.01.10

 

 

 

Capitulo Vinte
 
O silêncio voltou a imperar na sala, apenas Emmett se continuava a abanar e a dançar alegremente, pelo menos um deles estava contente.
Rosalie, deu um passo à frente juntamente com Alice e Jasper, estes levantaram a cabeça. Alice foi a primeira a pronunciar-se.
-Eu vou ser uma espécie de tia-avó?! – A sua expressão pensativa fez-me perguntar a mim própria se estaria a favor ou contra…
-Algo assim…- Balbuciei eu.
-O importante aqui era que todos soubessem o que se passava! – Disse Jacob olhando em redor e apertando-me contra sim na zona das ancas.
-Jacob… Cala-te! – Sussurrou o meu pai que tinha o punho cerrado encostado à testa.
-Edward… - Começou Jacob. – Não foi nada planeado, aconteceu simplesmente, não era nossa intenção!
-Oh menino… Cale-se! – Pronunciou o meu pai. – Vais-me dizer que não sabes como o fizeste também!
-Pai!
-Cala-te Renesmee, tu nem me dirijas a palavra… Desculpem mas eu tenho de me ir embora!
-Querido…! – Gritou a minha mãe, mas ele já tinha saído porta fora. – Falamos depois Renesmee. – E saiu também a correr atrás dele.
-Olha aquele deve ter ido compor musicas… Deve ter a mania que é bom também! – Disse Emmett aproximando-se da janela vendo-os partir continuando de seguida a sua festa pessoal. – VOU SER TIO, HAN HAN HAN, VOU SER TIO OUTRA VEZ, OUTRA VEZ! BORA LÁ SAMBAR PESSOAL!
-Emmett, acho que não é a atitude mais apropriada agora… - Sussurrou Esme junto dele agarrando-lhe no braço fazendo-o parar.
-Pronto está bem! – Emmett fez beicinho, tal e qual como uma criança de cinco anos.
A sala voltou a gelar, tudo intacto, ninguém se mexia. Apenas conseguia ouvir o bater do coração de Jacob bombeando todo o seu sangue para todo o seu corpo, agora tenso e igualmente petrificado.
-Bem, temos uma criança a caminho minha gente! – Rosalie quebrou o silêncio começando a andar em redor da sala com o dedo indicador em redor da cabeça em forma de pensamento. – Aliás dois! Portanto vamos dividir isto… Carlisle, vai descobrir como é o processo destas crianças, o que é que elas vão ser e qual é a forma mais segura de fazer o parto da Renesmee sem colocá-la em perigo. Esme e Alice preparem um lanche para o Jacob e também para a Renesmee. Jasper e Emmett… Façam o que quiserem, mas não atrapalhem! – Rosalie sorriu nesta última ordem. Tinha-os posto a todos a trabalhar.
Jacob dirigiu-se à cozinha juntamente com Alice e Esme. Carlisle subiu as escadas em direcção ao escritório e eu aproximei-me de Rosalie que agora lia uns papéis que se encontravam em cima da mesa.
-Rosalie… Ham… Não sei como te agradecer, obrigada!
-Não me tens de agradecer. E para que conste, eu sou completamente contra esta gravidez, mas é a vida de dois seres que está em casa, e assim sendo, vou ajudar no que for preciso, mas nunca pensei Renesmee, espero que já te tenhas apercebido do erro que cometeste.
-Rosalie…
-Deixa querida! O que interessa é que te vou ajudar, o resto não interessa.
Rosalie virou então costas e saiu da sala. Eu sabia que a tinha de desiludido, mas não tinha sido por opção. E não só a ela… Nem quero saber do que pensa o meu pai sobre isto tudo, pelo menos a minha mãe espero que me apoie. Sentei-me no sofá, e comecei a vaguear no passado. Lembrava-me claramente do dia em que conheci os Volturi na clareira, naquela quase batalha por minha causa. E se agora por causa dos meus filhos acontecesse o mesmo? Uma batalha, agora real, que pusesse em risco a ‘vida’ da minha família, do meu amor eterno, e agora também de outras duas pessoas que apesar de ainda não conhecer já as amava profundamente. De facto a minha vida andava extremamente complicada. Tudo o que tinha acontecido com a minha mãe tornara-se agora uma realidade para comigo. Ironia do destino?! Provavelmente. Mas que iria acontecer a estas crianças, será que elas iriam ser tão normais ao ponto de envelhecerem e terem uma mãe com aparência de 16 anos apesar de já terem 90 anos? Ou será que iriam ser também vampiros sedentos de sangue que iriam congelar na sua forma infantil? A questão é que nessa situação eu iria ficar extremamente preocupada com estas crianças. Isto de ser mãe… Até a palavra custa a sair… É algo muito estranho. Uma sensação nova, nunca antes sentida. Um amor para lá do normal, porque afinal de contas, é um ser que nasce de dentro de nós, que é só nosso, algo que somente eu sei como foi concebê-lo e o quão especial isso pode ter sido ou não importante para mim, neste caso, foi bastante! Ser meu filho, aliás, meus filhos e do Jacob, é algo realmente especial demais. Eu amo-o mais do que tudo! Aquele por quem eu ri, chorei, desesperei, e dei todo o meu amor.
-Nessie?! – Chamou Jacob abanando-me!
-Han? Quê? – Tinha-me afundado demasiado na minha mente, foi como se estivesse em estado de hibernação.
-Nessie estou-te a chamar há imenso tempo…
-Desculpa amor, estava a vaguear nos meus pensamentos.
-Não faz mal… Olha temos ali uma lanche humano, ui ui! Deve de estar uma categoria! Vamos amor...
-Não tenho fome! Mas vai tu, tens de te alimentar.
-Mas…
-Não insistas, vai só tu a sério!
-Se o dizes, eu tenho mesmo de ir comer estou esfomeado. Eu venho já ter contigo.
-Está bem! Até já…
Jacob beijou-me com uma certa suavidade. E desapareceu de seguida.
 
Um raio de sol bateu-me no braço fazendo-o brilhar como cristais o que me fez acordar do meu pequeno sono. Sai da cama e arrastei-me escadas a abaixo. Tinha passado a noite na casa dos Cullen… Mal cheguei ao andar de baixo deparei-me com os meus pais. Ambos sentados no sofá com uma mão de cada um a uni-los.
-Ham, olá! – Balbuciei eu tapando a cara por detrás dos meus cabelos.
-Olá querida. – A frase tinha sido pronunciada com uma certa leveza, e o seu tom de voz mantinha-se calmo e intacto.
-Acho que temos de falar, bem… Pai, mãe, por favor não façam disto um drama. A sério, eu e o Jacob estamos felizes com isto, é uma boa notícia.
-Como deves calcular eu não estive de acordo com a gravidez da tua mãe, então na tua é que não estou de certeza. Peço desculpa, mas sou contra.
Não me dignei sequer a comentar, visto que sabia que não iria mudar a sua opinião.
-E tu mãe?
-Eu… Eu… Não sei bem, quer dizer não me vou impor, porque eu fiz o mesmo em relação a ti, mas sei também o que sofri à conta disso, e não quero isso para ti, mas se for essa a tua decisão!
-Obrigada mãe, por pelo menos estás do meu lado.
-TENHO NOVIDADES! – Disse Carlisle do cimo das escadas com um certo entusiasmo.

 



S. às 21:30 | link do post | comentar

26 comentários:
De CC18 a 3 de Fevereiro de 2010 às 22:08
Por favor postem o capitulo o mais depressa possivel...estou bue ansiosa para ler mais....por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor, por favor...

Beijos a todos

P.S: Estou mesmo ansiosa....até dói


De Rita Garcia a 3 de Fevereiro de 2010 às 23:26
Ola!
Queria perguntar se hoje nao poddim postar mais 1 capitulo da Fanfic??

Eu adoro-a e estou morta para saber quais sao as novidades!!!



Obrigada


De Debbie a 5 de Fevereiro de 2010 às 15:40
Meninas, amo a vossa fic é fantástica. Quando sai o proximo capitulo? Já passou muito tempo desde o ultimo ): (Foi à uma semana, mais ou menos)
Estou ansiosa pelas novidades, va lá tentem postar o mais rapido possivel.

Beijinhos e Parabens


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Staff: And e Carolina
Layout: Missanga Azul
em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Tinha de vir aqui a este cantinho, finalmente o Mi...
A primeira imagem certamente está "quebrada", e pa...
Sobre os Talentos especiais de Alec: ele tem um V...
Você ainda a tem? Se sim, poderia me enviar? model...
Olá. Estou a procura de uma fanfiction que vocês p...
Aproveito só que está esteve a dar breaking dawn n...
Pelo que eu vi da entrevista, o Rob foi irônico ao...
Casamento lindo, me lembrou muito o casamento da B...
Meu sonho encontrar ele assim
Casal mais lindo

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds