Terça-feira, 10.04.01

(Em baixo, podem ver as entradas que a autora fez sobre este livro; desde a explicação do livro em si até à razão da sua não-publicação. Em baixo, têm uma hiperligação directa para o primeiro capítulo do Midnight Sun em inglês.)

 

Midnight Sun: A versão de Twilight por Edward

 

28 de Agosto de 2008

 

Como alguns de vocês podem ter ouvido, o meu rascunho parcial de Midnight Sun foi publicado ilegalmente na internet e desde então distribuído de forma viral sem o meu conhecimento ou permissão, ou do meu editor.

 

Eu tenho uma vaga ideia de como esta fuga aconteceu, pois existiam poucas cópias de Midnight Sun que deixaram de estar em minha posse e cada uma era única. Devido a poucas mudanças que eu fiz no manuscrito em diferentes momentos, posso dizer quando cada uma saiu de minha posse e a quem foi dada. O manuscrito que foi distribuído ilegalmente na internet foi dado a pessoas de confiança com um bom pressuposto. Não tenho nenhum comentário além de que acredito que não houve má intenção com a distribuição inicial.

 

Não quero que os meus leitores reconheçam Midnight Sun antes de ele estar completo, editado e publicado.  Creio que é importante para todos

entenderem que o que aconteceu foi uma grave violação dos meus direitos como autora, para não mencionar como ser humano. Como autora da saga Twilight, controlo todos os direitos de cópia e cabe ao proprietário dos direitos de autor decidir quando os livros devem ser tornados públicos; o mesmo se passa com os músicos e cineastas. Só porque alguém compra um livro, filme ou música, ou faz um download pela internet, não significa que tenha o direito de reproduzir e distribuí-lo. Infelizmente, com a internet, é fácil para as pessoas obterem e compartilharem coisas que legalmente não lhes pertencem. Não importa como isso é feito,  é, de qualquer das formas,  desonesto. Esta tem sido uma situação muito decepcionante para mim, mas eu espero pelo menos deixar aos meus fãs uma melhor compreensão dos direitos de autor e da importância do controle artístico.

 

Então, onde é que isto deixa Midnight Sun?  O meu primeiro sentimento foi o de que não havia nenhuma maneira de continuar. Escrever não é como matemática;  na matemática, dois mais dois é sempre igual a quatro, não importa o humor com que se esteja. Com a escrita, o modo como te sentes muda tudo. Se eu tentasse escrever agora  Midnight Sun, no meu estado de humor actual, James provavelmente venceria e todos os Cullen estariam mortos, o que não encaixa muito bem na história original. Em todo caso, sinto-me muito triste sobre o sucedido para seguir o trabalho em Midnight Sun,  pelo que ele ficará em espera indefinidamente.

 

Preferia que os meus fãs não lessem esta versão de Midnight Sun. É apenas um rascunho incompleto; a escrita está confusa, imperfeita e cheia de erros. Mas como poderia tecer comentários sobre esta violação sem conduzir mais pessoas a lerem esta publicação ilegal? Levei algum tempo a decidir como e se eu poderia responder. Mas, para acabar a confusão, eu decidi fazer um rascunho disponível aqui (encontra-se logo abaixo da actualização de hoje). Desta forma, os meus leitores não precisam de sentir que estão a fazer um sacrifício para continuarem honestos. Espero que este excerto os leve dentro da cabeça de Edward e acrescente uma nova dimensão à história de Crepúsculo. Foi isso que me inspirou a escrevê-lo em primeiro lugar.

 

Quero ter um momento para agradecer aos maravilhosos fãs que me têm apoiado tanto ao longo dos últimos três anos. Não posso começar a

dizer o quanto cada um de vocês significa para mim. Só espero que esta mensagem pare com toda a confusão e especulação online, e que o universo Twilight  possa voltar a ser o escape feliz que costumava ser. Após este ano incrivelmente ocupado, eu estou agora concentrada em passar mais tempo com minha família e trabalhar em alguns outros projectos literários.

 

--Stephenie

 

____________________________________________________

 

Junho 2008 Actualização: Em resposta à chocante quantidade de e-mails que recebi com questões relacionadas com Midnight Sun, eu falei com Stephenie este fim-de-semana e ela pediu-me que dissesse a todos que Midnight Sun será o seu próximo projecto. Ela ainda não acabou de o escrever (e ainda não existe um prazo fixado, por isso todos nós teremos de nos esforçar em ser pacientes durante mais algum tempo), mas continua definitivamente a planear publicá-lo. E depois de sair Amanhecer, Stephenie terá muito mais tempo para se concentrar na escrita de Midnight Sun.

____________________________________________________

 

Midnight Sun é um exercício de desenvolvimento de personagem que saiu descontroladamente de controlo (como muitos dos meus projectos).

Enquanto eu andava a adiar algum trabalho de edição a sério (eu estou sempre no meu ponto mais criativo quando começo a adiar), comecei a imaginar como seria lido o primeiro capítulo de Crepúsculo se fosse escrito da perspectiva de Edward. Existe tanto do seu lado da história que não existe do lado de Bella no primeiro capítulo. Afinal, Bella apenas sabe que um rapaz incrivelmente bonito olha para ela de uma maneira engraçada. Enquanto isso, Edward está sofrer ao passar por um dos dias mais importantes da sua tão longa vida! Primeiro, há o choque e a frustração de não conseguir ouvir os pensamentos de Bella, depois a reacção selvagem e monstruosa ao cheiro dela, seguida do incrível esforço de auto-controlo necessário para não a matar… O lado dele sobre o primeiro dia de Bella no liceu de Forks é cem vezes mais emocionante do que o dela própria.

 

Apesar de não ter tido tempo para trabalhar nele de imediato, a ideia de permitir que Edward tivesse a sua oportunidade de falar ficou comigo. Eu não conseguia abandoná-la. Dei por mim a pensar nas suas palavras a meio da noite e a anotar frases que ele iria usar, enquanto esperava na fila dos correios. Assim que terminei o meu verdadeiro trabalho, sentei-me e passei a palavra a Edward.

Escrever o primeiro capítulo, “Primeira Vista”, do ponto de vista de Edward, foi uma experiência emocionante; eu cheguei mesmo a sentir o pulso acelerado enquanto escrevia. Quando terminei, fiquei verdadeiramente satisfeita com a minha criação. Ali estava o outro lado da história, que ninguém conhecia. Ali estava a verdade sobre aquilo por que Edward tinha passado. Senti que conhecia o meu Edward ainda melhor, e tive a certeza que o seu diálogo seria mais perspicaz em futuros romances. Fim. Exercício terminado.

 

Ha ha. Não demorou muito até que eu começasse a pensar sobre Edward no Alaska, Edward e o seu regresso a Froks, o lado de Edward sobre aquela fatídica conversa em Biologia… O segundo capítulo começou a escrever-se sozinho na minha cabeça, enquanto eu continuava a convencer-me a mim mesma de que não tinha tempo para escrever um livro por diversão, quando eu tinha livros a sério para escrever. (A minha mãe subscreveu esta opinião – ela acha que eu trabalho demais).

 

Mas quando uma história exige ser escrita, não há maneira de resistir. E quanto mais eu escrevia, mais ficava convencida de que Edward merecia ter a sua história contada. No princípio, eu planeava postá-la inteiramente aqui no me website, mas mudei de ideias por dois motivos, sendo a mais importante que a versão de Edward é muito mais longa que a de Bella – Edward repensa tudo. Eu ainda não ia nem a metade, e o contador de páginas já rondava as 300. O segundo motivo porque mudei de opinião é um pouco néscio – eu simplesmente queria ter uma bonita, condizente e encadernada versão de Midnight Sun para colocar ao lado de Crepúsculo, em cima da minha secretária. Por isso vou tentar publicá-lo, como romance complementar a Crepúculo. Irá demorar algum tempo, porque eu só posso trabalhar nele nos intervalos de edição, mas espero que um dia possa ver Midnight Sun nas prateleiras das livrarias, ao lado de Crepúsculo, Lua Nova, Eclipse, etc… (Alimentando a minha ideia de que Midnight Sun é digno de publicação, está a cara da minha mãe – que acaba de ler os onze capítulos, ele acha que está mágico e diz que devo avançar.)

 

E aqui estava eu, a começar a escrever um pequeno parágrafo de introdução. Vêem o que eu quero dizer quando falo sobre coisas que ficam fora de controlo?

 

Because I just can't wait out the years it will take to reach publication for people to begin to understand Edward, here is my original character development exercise, Edward's version of Bella's first day at Forks High School, the first chapter of Midnight Sun*:

E porque eu simplesmente não consigo esperar pelos anos que vai demorar até atingir a publicação, para que as pessoas comecem a entender Edward, aqui fica o meu exercício original de desenvolvimento de personagem, a versão de Edward sobre o primeiro doa de Bella no Liceu de

Firks, o primeiro capítulo de Midnight Sun*:

 

Midnight Sun Capítulo 1 . Este material está protegido por direitos de autor, por Stephenie Meyer. Qualquer transcrição ou reprodução é ilegal.

 

* Por favor lembrem-se que este é um rascunho inédito em bruto. Está cheio de erros e outras falhas que os manuscritos não editados têm. Apreciem-no pelo que é, mas saibam que a versão final será infinitamente superior.

 

Tradução por: Catarina Ferreira



Carolina às 19:46 | link do post | comentar

3 comentários:
De Ella a 9 de Setembro de 2010 às 19:40
Traduzi-o todinho.
De vez em quando dá-me a saudade e lá vou eu...
Lê-lo pena enésima vez. lol
Depois são os extras e os outtakes.
Mais os livros e os filmes...
Que loucura.
rsrsrsrsrsrsrs


De Beatriz Masen Cullen a 4 de Novembro de 2010 às 20:11
Eu foi ser o primeiro capitulo e não esta traduzido


De Sarah Cullen a 30 de Novembro de 2011 às 20:15
Encontrei um site em que tem até ao capitulo 12 traduzido em portugues

http://midnight_sun.blogs.sapo.pt/


Comentar post

status

Online desde:25.04.2008

Staff: And e Carolina
Layout: Missanga Azul
em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Eu venho cá todos os dias para ver o que há de nov...
Olá :) Pondo as cartas na mesa e sendo sincera ao ...
Olá! Vocês vão desativar a página...?
Que coincidência engraçada! Confesso-te que até ti...
Que orgulho!
As voltas que a vida dá, sem dar voltas nenhumas: ...
Queen sempre foi uma das minhas bandas de eleição....
Tudo corrigido. Obrigada :)
A foto é de dia 03 de Julho, na exposição de anive...
Sebastian Bear é o marido da Emily e produtor de "...

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds