Domingo, 17.10.10

 

 


Capítulo 14 (parte 2)

Versão do Jacob


"Jake, podes ir buscar a Nessie. A Rosalie e a Alice foram não sei bem onde comprar umas coisas para decorar o quarto da Rubi."

"Sim Bella. Claro que vou. Já tenho saudades dela."

"Pois, não se vêem há algum tempo."

"A que horas é que ela acaba as aulas?"

"Às 17:30."

"Ok, eu passo lá."

"Obrigada Jake. Adoro-te rapaz."

"Adoro-te Bella."

Desliguei. Vinha mesmo a calhar este pedido para estar com a minha Nessie. Nunca me custava ir buscá-la ou levá-la a algum sítio, desde que estivesse com ela.

Sentia que estava na altura de avançar, eu estava preparado, eu amo-a mais do que tudo. Começava a duvidar dos sentimentos dela por mim, tanto dava razões para eu avançar, como para eu ficar apenas amigo dela. Sentia que ela ainda tinha duvidas quanto aos sentimentos que nutria por mim. Tinha de arranjar uma maneira de ela me sentir longe para perceber o quão importante eu sou para ela. O que eu mais desejava era que a Nessie me dissesse "Amo-te" sentidamente. Pensei na noite em que ela fugiu quando a tentei beijar... Arrepiei-me e sorri. O meu pensamento voou para o nosso encontro na floresta em que ela me deu um beijo no canto dos lábios, rápido mas espectacular... Corei.

Alguém bateu à porta. Abri. Leah estava a olhar para mim mas eu não disse nada.

"Vais-me convidar a entrar?"

"Entra... desculpa estava distraído." bati a porta.

"Uii, sorrisinho, bochechas levemente tingidas a rosa, distracção..." soltou uma gargalhada. "O que aconteceu? A Nessie ligou? Estiveste com a Nessie? A Nessie o quê?"

"Pára de gozar..." pedi.

"Ok mas o que se passa?"

"Nada, tenho de me ir arranjar." acabei de reparar que tinha vestido um fato de treino largo com o qual costumava andar por casa.

"Ok definitivamente, vais ter com a Nessie." concluiu Leah. Que brilhante conclusão, ela já me conhecia demasiado bem para saber isso logo desde que me viu mas preferia atormentar-me o juízo.

"Sim vou. Vou buscá-la à escola." disse rolando os olhos.

"Oh que queridos que eles são..." riu. "Vá a sério...Quando é que avanças? Ganha coragem homem!" incentivou Leah.

"Pois, falar é fácil. Sabes muito bem que já tentei. Tenho de ser paciente."

"Ela está confusa porque sempre te teve por perto. No dia em que ela sentir que tu lhe fazes falta percebe que gosta mesmo de ti. É tudo uma questão de lhe fazeres ciúmes."

"Vou-me vestir. Ajudas-me a escolher a roupa?" perguntei fugindo ao assunto Nessie. O sentido estético de Leah era extremamente apurado. Tinha bastante jeito para conjugar cores e roupas.

"Yap." concordou sorrindo.

Ela remexeu durante uns segundos no meu roupeiro e atirou uma t-shirt azul e umas calças de ganga para cima da cama.

"Pronto veste. Não vais a sítio nenhum especial. Só vais buscá-la. Se te vestes melhor do que isso conquistas as amigas todas dela."

"Obrigada Leah. Mas afinal o que vieste aqui fazer?"

"Dizer-te que o Seth não está a lidar muito bem  com o facto de estar constantemente a pensar na Rubi e não poder estar com ela. Ele está a ficar mesmo cada vez pior."

"Pois eu sei que é complicado mas não podemos fazer nada. Já não há nada a fazer."

"Eu sei, mas queria que passasses lá para ver se o animas um pouco. Ele não sai de casa, senão tinha vindo comigo."

Olhei para o relógio, eram 17. Tinha de me vestir para poder ir buscar a Nessie e possivelmente a Rubi que deveria estar com ela.

"Tenho mesmo de me despachar Leah. Logo que possa passo lá."

"Ok, obrigada Jake. Vá beijinhos. Fica bem." Beijou-me a bochecha. "Boa sorte" disse piscando o olho.

"Obrigada."

Vesti-me, pus perfume e um pouco de gel para definir os jeitos do cabelo espetado.

Entrei no carro, segui para ir buscar o meu anjinho à escola.

Estava-me a aproximar da escola e vi a Nessie com a Rubi e outra rapariga. Parei e abri o vidro.

"Ouvi dizer que alguma menina desaparecida precisa de boleia até casa..." usei o facto de não estarmos juntos há muito tempo para brincar com ela.

"É, parece que sim. Mas somos duas." respondeu.

Saí do carro, beijei-a na face suave e abracei-a, as saudades obrigavam-me a fazê-lo e quase não me deixavam descolar o meu corpo do dela. Cumprimentei Rubi e a colega delas.

"Quem é esta linda menina?" perguntei referindo-me à rapariga elegante que se apresentava à minha frente.

"Violet, este é o Jacob. Jacob, esta é a Violet." respondeu prontamente.

A resposta de Nessie foi brutalmente expelida pelos seus lábios, parecia estar irritada. Será que era por minha causa?

"Encantado."

"Vamos?" perguntou Nessie agressivamente.

"Sim minha senhora." respondi olhando-a nos olhos. Provoquei ainda mais. Aquilo tornava-se divertido. Ela estava com ciúmes? Estava a ficar com pena dela. Estava a ver-me olhar para a Violet, que por sinal era uma rapariga bastante bonita para humana, claro que não se comparava à minha Nessie. Se ela estivesse com ciúmes era sinal que sentia alguma coisa por mim... Isso não era de todo mal, era bom se ela percebesse.

Para acabar com confirmação da possibilidade do aborrecimento e agressividade de Nessie se dever a ciúmes, olhei para Violet, sorri-lhe e disse: "Prazer em conhecer-te."

"Igualmente." respondeu ela com um sorriso de orelha a orelha.

Rubi já estava no carro e Nessie também. Tinha batido fortemente com a porta do carro.

"Simpática a vossa amiga." comentei.

"Sim, sim como queiras." protestou aborrecida.

Olhou lá para fora pensativa. Fiquei com medo de ter abusado na quantidade de provocação. Não queria nada que ela ficasse chateada comigo.

"Que se passa Nessie?" perguntei para tentar perceber o grau de irritação de Nessie.

"Nada."

Estava sem dúvida bastante chateada. Deixei que chegássemos a casa, não disse mais nada até lá. Apenas umas palavras soaram entre mim e Rubi.

Durante o caminho comecei a pensar numa maneira de alegrar o Seth. Cada vez que eu olhava para Rubi ou sentia o seu cheiro, lembrava-me das palavras de Leah a descrever o estado do irmão. Rubi era uma semi-vampira que conhecia bem todas as histórias dos Lobos. Se fosse inteligente iria perceber a impressão que o Seth teve, ou se calhar não. Mesmo que não percebesse, o Seth teria de lhe contar, senão nunca mais na vida iria ser feliz. Ele não pode ser feliz longe da pessoa que tem de proteger, de amar da maneira como essa pessoa o desejar, seja amigo, ou marido, ou namorado.

Tal como eles se estavam a precisar de entender, eu e Nessie também andávamos a precisar de um tempo a sós para falar.

Lembrei-me de uma coisa que poderia servir de pretexto para resolver todos estes problemas: uma festa de boas-vindas a Rubi. Seria perfeito, íamos estar todos lá e ela até ajudou a trazer o Quil de volta, merecia. A festa seria em minha casa numa noite em que o pai fosse pescar para longe com o Charlie, teria o essencial.

 

Versão da Nessie

Jake encostou o carro à berma para que eu e Rubi saíssemos.

"Não queres entrar?" perguntei carregada de remorsos por ter sido bruta com ele e por me ter deixado levar pelos ciúmes. Ia ser difícil ignorar este novo sentimento mas ele não merecia tanta agressividade.

"Não, hoje não. Tenho uns assuntos para tratar na Reserva." baixei o olhar entristecida. Estaria ele a desistir de me amar, de me protejer, de cuidar de mim? Alguma vez ele iria desistir de mim? Seria este o dia em que ele me iria tentar esquecer? Ele reparou na minha tristeza e prosseguiu. "Amanhã passo por cá, ok?"

"Ok." consenti ainda aborrecida.

"Até amanha." aproximou-se para me abraçar. Senti o seu corpo encostar-se ao meu. O seu hálito batia suavemente na minha orelha. "Adoro-te Nessie."

"Eu a ti." respondi. Ele afastou-se de mim e partiu no carro.

 



Carolina às 21:32 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

status

Online desde:25.04.2008

Staff: And e Carolina
Layout: Missanga Azul
em todos os momentos twilight


Já nos deste o teu like?
pesquisar neste blog
 
Links vários
comentários recentes
Tinha de vir aqui a este cantinho, finalmente o Mi...
A primeira imagem certamente está "quebrada", e pa...
Sobre os Talentos especiais de Alec: ele tem um V...
Você ainda a tem? Se sim, poderia me enviar? model...
Olá. Estou a procura de uma fanfiction que vocês p...
Aproveito só que está esteve a dar breaking dawn n...
Pelo que eu vi da entrevista, o Rob foi irônico ao...
Casamento lindo, me lembrou muito o casamento da B...
Meu sonho encontrar ele assim
Casal mais lindo

Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


1999:

 J F M A M J J A S O N D


1998:

 J F M A M J J A S O N D


1997:

 J F M A M J J A S O N D


1996:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds